Animais

Os insetos namoram?

Eu sei que os insetos se reproduzem, e que os filhotes são larvas: tipo o filhote da borboleta é a lagarta. Mas eles precisam ter relações sexuais como nós para ter os insetinhos?” Paulo César, 12 anos




Paulo, as larvas dos insetos não são chamadas de filhotes, e sim de imaturos, ok? Mas é claro que os insetos fazem tem relações sexuais! E por que não fariam? Eles são invertebrados, frágeis e alguns são tão pequenos que mal podemos ver, mas precisam copular para se reproduzir. Insetos, geralmente possuem sexos separados (macho e fêmea) e a sua fecundação é interna. Eles passam praticamente suas vidas adultas inteiras acasalando. Afinal, para eles o grande sucesso de sua vida é conseguir a maturidade sexual e procriar. Em geral o processo de acasalamento para a maioria dos insetos é a mesma.

Os insetos usam várias habilidades para rastrear um companheiro: Por exemplo, as moscas possuem em seu sistema de navegação: olhos compostos e visão perfeita e um olfato apuradíssimo. Quando esses sentidos revelam a presença de um parceiro em potencial, o acasalamento pode acontecer até mesmo durante o vôo, para não haver perda de tempo. Libélulas são muito agressivos na época de reprodução, defendem o companheiro e o local em que eles escolhem para colocar seus ovos e para isso, se for preciso atacam até humanos se sentirem que os ovos estão em perigo!

Esse ritual dos insetos não parece se diferenciar muito de nós e dos outros bichos. A maioria dos insetos libera uma espécie de perfume (chamamos de feromônios), a fim de atrair um parceiro. Grande maioria deles usa o feromônio para tornar-se “mais atraente” para o parceiro. Borboletas passam grande parte do tempo, dia após dia, na tentativa de atrair um companheiro, usando cores e sinais visuais que fazem parecer mais bonita para o outro. As fêmeas de vaga-lume piscam suas luzes em código que só o macho da espécie entende, para mostrar sua “disponibilidade”, que oferecida! E os grilos e cigarras, então? Fazem aquela serenata que deixa qualquer um maluco!



fotos_macros_20100420_1745168970

Moscas em seu momento íntimo.

Algumas fêmeas podem ter com vários parceiros diferentes durante sua vida. Outras devoram o macho logo após a cópula porque sentem uma necessidade muito grande de comida para desenvolvimento dos ovos. É o que acontece com o Louva-Deus. Uma exceção quanto a cópula não ocorre. Alguns insetos, como algumas abelhas, podem se reproduzir por partenogênese. Nesses casos, a reprodução é assexuada, onde o embrião se desenvolve de um óvulo sem ocorrência da fecundação.



Hoverflies_mating_midair

Moscas da família Sirphidae, namorando enquanto voa.

insects_mating

Percevejos coloridos também namoram!

libelula

o casal de libélulas formam um coração durante a cópula. Que romântico!

fotos_macros_20100420_1078088451

Besourinhos em cópula!

——————————————–

Esse texto (e modificações) com certeza estará no meu livro.

12 comentários

12 Comments

  1. Fantástico! Gostei da analogia com Kama-Sutra.

    Abraço!

  2. thomston

    em

    os insetos são demais muito interessante este post!! parabens karlla

  3. laisinha

    em

    mto fofo esses bichinhos azul{nem sei o nome!}
    :love: :kiss:

  4. Ezequiel

    em

    Tão pequenos e tudo que pensam é sexo, e a minha namorada me chama de tarado.

    Se ela soubesse todas as preocupações que eu tenho na vida.

  5. D@N!L0

    em

    Karlla é verdade que os animais de outra especies podem mesmo se acasalar???????????

    • Jéssica San

      em

      Animais de espécies diferentes podem sim acasalar… porém isso ocorre entre espécies “parecidas” como o jumento e a égua acasalam e nasce o burro (macho) e mula (fêmea)… porém estes (burro e mula), são inférteis, ou seja, nunca poderão gerar descendentes, por isso dizemos que não houve sucesso reprodutivo, já que para que haja, é necessário que os descendentes também sejam férteis… e pode ocorrer sim com leão e tigre, só as crias, também não são férteis.
      Há outros animais de espécies diferentes que acasalam, porém a fêmea se quer fica “prenha”…
      Mas como eu disse, há acasalamento entre espécies “parecidas”, desconheço outro caso… não espere um vertebrado e um invertebrado acasalarem, pois isso nunca vai acontecer, hehehhe

  6. D@N!L0

    em

    Erri o jeito de escrever e que eu vi aqui na internet um video de um filhote leao meio tigre entao um leao e um tigre pode se acasalar?

  7. Ewerton

    em

    Nos Afídeos (pulgões) existe a reprodução por partenogênese, ou seja, uma fêmea não precisa ser fecundada para se reproduzir e dará origem a outras fêmeas. No entanto quando há uma superpopulação e o seu hospedeiro(planta) está morrendo surgem individuos machos e fêmeas alados copulando e voando para infestar outras plantas.

  8. Thayse

    em

    Como saber se uma determinada doença é causada por vírus, bactéria, fungos?

  9. Edmilson

    em

    Livro? Ixi to desinformado mesmo! rs seu livro de biologia seria o presente ideal para jovens que querem ser biólogos pois fala em uma linguagem simples e vai interessar a muitos!

  10. Edilene

    em

    Alguém poderia me informar qual a espécie de inseto da segunda foto desta postagem? Desde já agradeço.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo