Podemos tomar a pílula da mesma marca por vários anos? Ela não perde o efeito?


A pílula anticoncepcional há cinquenta anos dá às mulheres a opção de decidir quando e quantos filhos desejam ter. Atualmente é o método contraceptivo mais utilizado em todo o mundo, quando tomada corretamente à pílula torna-se altamente eficiente na prevenção da gravidez, além de ajudar a manter a menstruação regulada. Embora a maioria das mulheres façam uso desse método contraceptivo há quem ainda tenha inúmeras dúvidas em relação à pílula, uma delas é sem dúvida se tomar a mesma pílula por muito tempo ela perde o efeito.

Ao contrário do que muitas mulheres pensam, o anticoncepcional não é como o shampoo, que deve ser trocado porque o cabelo acostuma! Se a mulher se sentir bem com aquele anticoncepcional, se ele não tiver efeitos colaterais e ela estiver fazendo controle com um médico a cada seis meses, pode tomar continuamente durante o período que quiser.

Assim, as mulheres podem ficar tranquilas quanto aos efeitos da pílula, depois de muito tempo usando a mesma marca, o anticoncepcional não perde o efeito. Aliás, muito pelo contrário, quanto mais tempo usar, melhor é a adaptação e menor a necessidade de trocar o anticoncepcional.

Muitas mulheres acreditam que o uso contínuo da pílula pode reduzir as chances de gravidez, mas isso não é verdade. O que acontece é que, atualmente, as mulheres demoram mais para decidirem ficar grávidas e o fator da idade é que pesa na hora de engravidar. Estudos afirmam, portanto, que não existe uma interferência do anticoncepcional na fertilidade após o abandono do medicamento.

Fonte: bolsademulher/tribunadabahia

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.