Vídeo: E agora? O que será isso?


Várias pessoas estão completamente encantadas com este ser filmado/fotografado no fundo do mar e que não parece se quer ter órgãos e tão achatado e transparente que é. Não é um “bicho novo” como algumas pessoas estão pensando. Na verdade, trata-se de um leptocéfalo (ou leptocephalus, em inglês) a larva das enguias marinhas e outros membros da Superordem Elopomorpha.

O estágio larval do tipo leptocéfala incluem enguias que são mais comuns e algumas espécies de congro, moreias e enguias de água doce da família Anguillidae. Essas larvas são realmente incríveis: o corpo é completamente achatado lateralmente preenchido por uma substância gelatinosa transparente e uma camada muscular muito fina. Todos os órgãos são muito pequenos e o intestino é um tubo simples. Essa combinação de características é o que faz o bichinho ser tão transparente quando estão vivos. As barbatanas dorsal e anal são confluentes formando uma barbatana só ao longo do corpo. Além disso, as leptocéfalas não possuem glóbulos vermelhos, até que comecem a metamorfosear para uma fase juvenil conhecida como “enguia de vidro”, quando elas se tornam um pouco mais parecidas com os adultos.

Leptocéfalos podem ser vistos a profundidades superiores a 100 metros e geralmente, a noite. Se alimentam de pequenas partículas que flutuam livremente, conhecida como “neve marinha”. Uma larva deste tipo foi descrita em 1856 como uma espécie biológica nomeada Leptocephalus brevirostris, mas depois descobriu-se que era uma larva de Anguilla anguilla descrita em 1758.

eells

leptocephalus1

leptomm_big

post-1861-1262195310


Ver uma leptocéfala se movimentando é hipnotizante, confira no vídeo.

Fonte: Wikipedia

 


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.