Por que algumas pessoas tem enjoo no mar?


“Não posso andar de barco de fico muito enjoada. Existe uma explicação científica para isso?” Márcia Aparecida Dornelles

Márcia esse desconforto é conhecido como “enjoo de movimento” e tem até nome: cinetose. A cinetose é aquele quadro de náuseas, com ou sem vômitos, que ocorre em algumas pessoas quando em movimento, seja dentro de um automóvel, avião, trem, barco e até mesmo em brinquedos no parque de diversão. O problema pode acometer tanto adultos como crianças, mas é mais comum em crianças do sexo feminino.

Nosso equilíbrio é controlado pela relação entre os sistemas visual (olhos), vestibular (labirinto) e proprioceptivo (receptores sensoriais das articulações e músculos). Qualquer alteração em um desses sistemas podem desencadear enjoo. Durante uma viagem de barco (ou ônibus, avião, etc…) esses sistemas são “enganados”, o corpo está parado, mas o ambiente em movimento, assim a informação que o cérebro recebe é conflitante.


Explicando melhor, quando nos movimentamos por nossos próprios meios, todo o sistema funciona bem, mas quando estamos sendo transportados, os olhos nos dizem que estamos completamente parados, enquanto que os sensores do movimento dizem que estamos balançando para frente e para trás. Isto causa uma confusão no cérebro o que resulta em náuseas e tonturas.

Enjoamos durante as viagens porque no cérebro entra em conflito vendo o movimento com sensação de corpo parado!

 

FONTE


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.