Se os dentes de leite sempre caem, por que eles existem?


“Desde que perdi meus dentes de leite. Por sinal, aconteceu a muito, muito tempo … (rsss) Mas a dúvida persiste. Por que temos os dentes de leite, se eles vão cair depois. Não seria mais fácil nascer logo os dentes mais fortes?” Eliana Patrícia – Cianorte/PR

Eliana, não é só você que pensa assim. Muitas pessoas pensam que os dentes de leite (também chamados de dentes decíduos, temporários) não são importantes, mas esse é um grande engano. A dentição de leite é composta de cerca de 20 dentes menores, pois a arcada dentária ainda não comporta dentes maiores.


Eles existem porque mesmo nas primeiras fases da vida é preciso preparar os alimentos para a digestão e assimilação do organismo. Eles sempre começam a nascer por volta do 5º ao 7º mês de vida, exatamente quando os bebês começam a comer alimentos sólidos. Eles também servem para guiar a erupção dos dentes permanentes, abrindo e mantendo seu espaço. Enquanto eles já estão sendo usados na mastigação da criança, os dentes definitivos estão sendo formados a todo vapor e podem ser vistos em radiografias da arcada dentária.  Permitem a mastigação e isso estimula muito o crescimento dos maxilares. Além disso, acreditem: os dentes da frente são primordiais para que a criança consiga emitir alguns sons.

Os dentes de leite são provisórios tanto no ser humano como nos animais que os apresentam (sim!!! Os animais também possuem dentes de leite), já que o organismo ainda está se desenvolvendo e crescendo para receber os dentes definitivos. Os dentes permanentes inciam sua formação ainda na gestação e vão se desenvolvendo por baixo dos temporários e, conforme evoluem em sua formação as raízes dos dentes de leite vão sendo reabsorvidos de forma que estes fiquem abalados, moles e caem para que os permanentes aflorem. É por isso que os dentes temporários não tem raízes quando caem.

celulas-tronco-extraidas-do-dente-de-lei-55-839
Os dentes de leite são primordiais para o bom desenvolvimento do ser humano.
[
Quando os dentes de leite estão prontos para nascer, eles começam a “comer” as raízes dos dentes de leite e estes, por sua vez vão perdendo a sustentação e ficando moles!


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.