Curiosidades

Cientistas mongóis descobrem monge mumificado de 200 anos que, segundo os nativos, ainda “vivo” e meditando

Segundo os jornais locais na Mongólia,  cientistas descobriram um monge mumificado na província Songino Khairkhan. O corpo está muito bem preservado considerando o tempo que ele está naquela posição: 200 anos. O monge “ainda” está em transe meditativo, exatamente da posição em que fez a passagem. Especulação inicial é que a múmia poderia ser do mestre Lama Dashi-Dorzho Itigilov.

O corpo do monge que foi encontrado coberto por pele de gado, é considerado por alguns budistas como ainda vivo, pois ele está em um transe de meditação profunda. O monge está sentado na posição de lótus com as pernas cruzadas e foi enviado para perícia forense para um estudo mais aprofundado.


Gankhüügiin Pürevbat, o fundador do Instituto Mongol de Arte Budista em Ulan Bator Buddhist University, contou que o Lama está com a mão esquerda é aberta, e a mão direita simboliza o Sutra de pregação. “Este é um sinal de que o Lama não está morto, mas está em uma meditação muito profunda de acordo com a antiga tradição budista de lamas“, completa. Mas, biologicamente falando, o monge está morto sim, e mumificado.

Alguns especialistas em budismo disseram que  o monge poderia estar em “tukdam“, uma espécie de estado de meditação profunda que atravessa entre a vida e a morte. Dr. Barry Kerzin, um famoso monge budista e foi médico para o Dalai Lama, contou que já teve o privilégio de cuidar de alguns meditadores que estavam em um estado de tukdam. “Se a pessoa é capaz de permanecer neste estado por mais de três semanas – o que raramente acontece – seu corpo gradualmente encolhe, e, no final, tudo o que resta da pessoa é o seu cabelo, unhas e roupas.” Ele também conta que as pessoas que convivem com o monge em estado de tukdam, são agraciadas com um arco-íris que brilha no céu por vários dias. Isso significa que a pessoas encontrou um “corpo arco-íris”, o estado mais próximo de Buda .

Dr. Barry ainda contou que se o monge conseguir ficar neste estado meditativo, ele pode se tornar um Buda. Pode alcançar um nível tão elevado espiritual que pode fazer todas as pessoas ao redor sentir uma profunda alegria. O monge foi descoberto depois de ser roubado por um homem na esperança de vendê-lo no mercado negro.

É ÓBVIO, que biologicamente falando, é impossível que este homem ainda esteja vivo e meditando. Mas é preciso aceitar que as diversas culturas do mundo nos conservam muita informação científica. Neste caso, a nível de preservação do corpo e técnicas para conservação. 

mummified_monk_03

Fonte: telegraph/myscienceacademy  Imagens: Reprodução/myscienceacademy

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo