Curiosidades

Por que não conseguimos derreter o sal e o açúcar derrete fácil?

“Por que não conseguimos derreter o sal e o açúcar derrete fácil?” (Simone Cerqueira)

Simone, apesar de o açúcar e o sal serem à primeira vista semelhantes com cristaizinhos brancos ou translúcidos, suas propriedades químicas são bem diferentes. Nessas, podemos incluir a composição química, seu ponto de fusão e ebulição de cada um.


Vamos à Química: O sal (NaCl) é um composto inorgânico iônico. Já o açúcar (C12H22O11) é um composto orgânico, a sacarose. Em geral, os pontos de fusão (derretimento) e ebulição (fervura) de compostos orgânicos são menores do que de inorgânicos. Isso acontece porque as forças intermoleculares existentes, nesse caso no açúcar, são mais fracas que no sal.

Quanto mais forte é a força intermolecular que unem as moléculas de determinada substância, mais energia é preciso para romper essas ligações e elas mudem de estado físico. E ligações iônicas e metálicas (geralmente encontrados em compostos inorgânicos) são mais intensas, tanto que seus compostos são quase sempre sólidos a temperatura ambiente, e precisam de altas temperaturas para derreter. Já as ligações covalentes e moleculares (comumente em substâncias orgânicas), não tem uma atração tão grande e se fundem e fervem facilmente. Então à temperatura de 185oC ocorre o derretimento do açúcar, e o sal em torno de 801oC. Todo sólido derreterá se a temperatura for bastante alta e outras condições forem ideais. Até mesmo o diamante, o mais duro material de ocorrência natural que se conhece.

receita-calda-acucar

Em geral, os pontos de fusão (derretimento) e ebulição (fervura) de compostos orgânicos são menores do que de inorgânicos. O açúcar tem ponto de fusão em temperatura muito mais baixa que o sal. Foto: mdemulher

Fonte: alunosonline, Sardella, Antônio Química: volume único/São Paulo: ática, 2005-(Série novo ensino médio)


Novidades

Topo