As incríveis cabras marroquinas que sobem em árvores! [vídeo]


“As cabras podem mesmo subir em árvore ou essa foto é uma montagem no photoshop?” Lucas Henrique

Parece montagem Lucas, mas não é. Eu sei, a princípio as imagens parecem ter sido criadas no Photoshop por algum nerd entediado. Mas não é nada disso. Vivendo principalmente no Marrocos essas cabras não podem contar com alimento abundante e por isso deram um jeito bastante estranho de buscar alimento. Mesmo sendo animais com cascos, são capazes de escalar as árvores Argânia (Argania spinosa), muito parecida com a Oliveira, a árvore da azeitona.

As cabras marroquinas escalam as árvores para buscar os frutos de Argan. Além de manter esse comportamento, elas colaboram com a economia local. Os agricultores costumam seguir os rebanhos de cabras à medida que passam de árvore em árvore para buscar as sementes que não são digeridas pelas cabras e por isso são cuspidas ou excretadas. A semente é usada para fazer o famoso óleo de argânia muito famoso por serem ótimos cosméticos, principalmente para cabelos. Os povos marroquinos tem coletados as sementes há centenas de anos, e por isso, as árvores estão cada vez mais escassas.

Essa “mania” de subir em coisas não é nenhuma novidade para as cabras, além de escalar árvores, elas também escalam paredões de pedras e podem subir onde um homem jamais conseguiria sem os equipamentos especializados.

https://www.youtube.com/watch?v=6doZzD2SGnw


FONTE: Web Ecoist


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.