Homem

12 mitos e verdades sobre ejaculação precoce que você precisa conhecer

mitos e verdade sobre ejaculação precoce
12 mitos e verdades sobre ejaculação precoce que você precisa conhecer
5 (100%) 1 vote

A ejaculação precoce faz parte desse grupo de temas que pouco são abordados por vergonha ou preconceito.

Isso porque, falar sobre a vida sexual ainda é algo delicado entre muitas pessoas e, por conta, disso acabam surgindo boatos sobre o assunto que geram dúvidas e confusão.

A ejaculação precoce é um dos problemas mais comuns aos homens, causando dificuldade em controlar a ejaculação e muitas vezes causando insatisfação sexual.

De acordo com a EuroClinix.net, esse distúrbio chega a afetar 20% a 30% dos homens e receber a orientação e tratamento adequados é o mais indicado nesses casos.

Porém, é importante estar ciente de alguns mitos e verdades, esteja você já realizando ou não um tratamento. Veja alguns mais comuns.

Mitos e verdades sobre ejaculação precoce

1 – Usar duas camisinhas atrasa a ejaculação

Mito – Usar duas camisinhas irá causar um outro problema, pois, as chances delas estourarem por conta do atrito e permitir a transmissão de doenças ou uma gravidez indesejada aumentam.

2 – O estresse pode ser um dos causadores do problema

Verdade – O estresse e outros problemas psicológicos podem aumentar os estímulos e sensibilidade e diminuir a sensação de prazer.

Como resultado, é possível que ocorra a ejaculação prematura ou até uma impotência sexual emocional.

3 – A masturbação pode contribuir com a ejaculação precoce

Mito – Esses dois temas não possuem relação direta, tanto que pessoas que se masturbam e as que não praticam o ato, podem ser sofrer com o problema da mesma forma.

Existe o mito que se masturbar antes das relações poderia retardar a ejaculação, uma vez que o pênis fica dessensibilizado. Estudos já provaram que essa teoria não é válida.

4 – Existe tratamento para a ejaculação prematura

Verdade – O tratamento é feito com psicoterapia e uso de medicamentos quando necessário. Muitas vezes, ela pode ser resultado de outros problemas e se torna um sintoma secundário, portanto, é muito importante que um médico diagnostique a causa para indicar o melhor tratamento.

5 – Quem fez circuncisão sofre menos com a ejaculação precoce

Mito – Mais uma vez dois temas relacionados sem nenhum tipo de comprovação.

Retirar o prepúcio se trata mais de uma questão higiênica do que relacionada ao sexo.

6 – Alguns alimentos podem levar ao problema

Mito – Não existe nenhum estudo que tenha relacionado a ejaculação precoce com determinados alimentos.

Há quem fale que os alimentos afrodisíacos poderiam levar à ansiedade e acelerar a ejaculação, mas nada foi comprovado.

7 – Se durante o sexo oral gozar rápido, significa que o homem sofre de ejaculação precoce

Mito – A ejaculação precoce é definida pela ciência quando ocorre a penetração vaginal, por isso quando se goza rápido das demais formas não se pode usar essa definição por consenso.

8 – O uso de álcool e drogas podem atrasar a ejaculação

Verdade – As bebidas alcoólicas e algumas drogas conseguem diminuir a ansiedade e isso pode retardar a ejaculação.

Porém, esse método não pode ser usado como tratamento, uma vez que pode levar à dependência e à impotência sexual.

9 – Experiências ruins anteriores podem causar e ejaculação prematura

Mito – As relações anteriores não causam traumas a ponto de levar a ejaculação precoce. O problema pode estar associado a outras causas psicológicas.

10 – A idade influencia na ejaculação precoce

Mito – Homens de qualquer idade, podem sofrer com o problema, portanto, não passa de uma mito achar que com o avanço da idade o problema desaparece.

O tratamento deve ser feito quando existir o problema, pois, caso isso não ocorra, pode piorar com o passar do tempo.

11 – A ejaculação precoce interfere na infertilidade

Mito – O homem pode ser fértil, mesmo sofrendo com a ejaculação precoce.

Porém, para que a mulher possa engravidar, é preciso que a ejaculação ocorra após a penetração e não antes.

12 – Ejaculação prematura não é doença

Mito – É preciso entender que a ejaculação precoce é um problema de saúde, tanto que é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Apesar disso, ela é pouco tratada porque ainda existe muito preconceito e medo por parte dos homens.

A ejaculação precoce é um problema de saúde que precisa ser tratado e isso só acontece quando se desmistificam os mitos que cercam o assunto.

Se você tem dificuldade em como controlar a ejaculação, sugerimos que assista a esse vídeo >> Clique aqui para assistir <<

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo