Sua saúde

Catarro verde: cuidado para não fazer o tratamento errado

Catarro verde: 6 doenças que causam muco verde
Catarro verde: cuidado para não fazer o tratamento errado
4.3 (85.83%) 24 votes

O catarro verde pode indicar diferentes problemas e causas, por isso é bom estar atento para não fazer o tratamento errado.

Quanto você tem uma doença respiratória ou é acometido por um resfriado, já deve ter percebido que ao assoar o nariz seu muco (ou catarro) pode ter diferentes cores.

As cores do muco, então,  podem variar de transparente até o preto, expelido por fumantes.

Mas o catarro verde é uma das maiores preocupações das pessoas, principalmente em crianças.

O catarro esverdeado pode indicar diferentes doenças que exigirão um diferente tratamento para cada caso.

Mas, quando o catarro está verde é um sinal claro de que no sistema imunológico está trabalhando duro para exterminar algum microrganismo patológico.

Dessa forma, a mudança de cor está associada ao trabalho das células do sistema imunológico, mais precisamente dos neutrófilos.

Por que meu catarro está verde?

Normalmente, o catarro verde indica uma infecção bacteriana.

Ele vem depois de um catarro amarelo, indicando assim, uma piora no quadro.

Uma vez que, essas células são ativadas, principalmente, para combater bactérias.

Os neutrófilos, células do sistema imunológico, produzem uma enzima de cor esverdeada.

Estas enzimas, a saber, contêm ferro, que confere uma tonalidade esverdeada.

Quando estão em grande quantidade a cor do catarro acaba ficando verde.

Assim, de forma geral, quando o catarro está verde, há uma possível infecção por bactéria, como amigdalite e pneumonia.

Há, no entanto, diversos outros motivos para que o muco fique esverdeado.

Por isso, é preciso buscar ajuda médica quando este sintoma surge.

Nem sempre o catarro verde necessita de um tratamento com antibióticos.

Aliás, durante uma infecção viral, o revestimento das células respiratórias está danificado, o que provoca o excesso de produção de muco.

O sistema imunológico também age enviando os glóbulos brancos, para limpar os restos celulares.

Esse trabalho resulta também na produção da enzima esverdeada que colore o catarro de verde.

Catarro verde, que pode ser?

1. Aspergilose

Um estudo publicado na Acta Oto-Laryngologica [2] relatou um estudo de caso em que o processo alérgico desencadeado pelo fungo Aspergillus fumigatus também desencadeia produção de tosse com catarro verde.

Este fungo, segundo o estudo, pode ser adquirido quando entramos em contato com pombos e algumas aves como papagaios e periquitos.

Além do catarro verde com tosse, os sintomas incluem:

2. Sinusite

Existe uma crença de que o catarro verde e grosso é sinal de sinusite.

No entanto, mito que o muco verde equivale a sinusite foi desfeito por um estudo de 1984, que mostrou que os antibióticos não melhoraram os sintomas de uma doença marcada por secreção nasal esverdeada.

Em um caso de rinossinusite aguda, os revestimentos das vias nasais e dos seios da face são infectados com o vírus, produzindo o muco excessivo.

Por ser estritamente viral, os antibióticos aqui também não têm qualquer benefício, independentemente da cor do muco.

Contudo, no caso da sinusite crônica, na qual os sintomas são permanentes, o catarro verde na garganta e nas vias nasais pode ser um dos sintomas.

A pessoa pode sentir:

  • Congestão nasal (nariz entupido)
  • Catarro amarelo, precedendo o catarro verde com sangue
  • Catarro preso com dificuldade de eliminar secreção
  • Dor de cabeça
  • Gotejamento pós-nasal
  • Alterações no olfato
  • E, por fim, pressão nas cavidades nasais
catarro verde sinusite

A sinusite é uma das doenças que provocam o catarro verde. O muco se desenvolve nos seios da face causando dor de cabeça, olhos inchados, gotejamento pós-nasal, nariz entupido e outros sintomas.

3. Bronquite

A bronquite acontece quando as paredes dos brônquios ficam inchadas e sensíveis (inflamadas).

A inflamação faz com que mais muco seja produzido, o que reduz a via aérea e dificulta a respiração.

Geralmente, os sintomas de bronquite começam com uma tosse seca constante e, eventualmente,  um catarro transparente ou catarro branco.

Em seguida, a pessoa começa a produzir e expelir o catarro amarelo, um precedente do catarro verde grosso.

Este é um sinal de que a doença pode estar progredindo de viral para bacteriana.

A tosse da bronquite é persistente e pode durar até 90 dias, além disso, a pessoa pode sentir, por exemplo:

  • Tosse com catarro verde constante
  • Ronco ou chiado no peito
  • Fadiga e dor no corpo
  • Dificuldade para respirar e falta de ar
  • Febre e calafrios
  • Desconforto no peito

4. Pneumonia

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Coimbra (1), Portugal, a pneumonia é a inflamação dos alvéolos pulmonares, com ou sem infecção.

Quando a infecção acontece, ela pode ser causada por vírus, fungos, protozoários e bactérias.

Contudo, as infecções mais comuns dos alvéolos pulmonares são causadas por Streptococcus pneumoniae.

Quando a doença ocorre, a pessoa pode expelir catarro que é amarelo, verde ou às vezes catarro com sangue.

Seus sintomas variam de acordo com o tipo de pneumonia.

Os sintomas clássicos para todos os tipos de pneumonia são:

  • Tosse com muito catarro verde ou amarelo
  • Febre
  • Calafrios
  • Falta de ar

5. Fibrose cística

A fibrose cística é uma condição genética grave que causa graves danos aos sistemas respiratório e digestivo.

Como resultado, esse dano causa um acúmulo de muco espesso e pegajoso nos órgãos.

Assim, quando atinge o pulmão, causa uma doença pulmonar crônica em que o muco se acumula nos alvéolos pulmonares.

Esta doença frequentemente afeta crianças e adultos jovens.

Pode causar uma variedade de cores de catarro de amarelo a verde a marrom.

Os sintomas mais comuns da fibrose cística são:

  • Sensação de falta de ar;
  • Tosse constante, podendo haver catarro verde com sangue;
  • Chiado ao respirar;
  • Dificuldade para respirar após exercício;
  • Sinusite crônica;
  • Pneumonias e bronquites frequentes;
  • Infecções pulmonares recorrentes;
  • Formação de pólipos nasais, que corresponde ao crescimento anormal do tecido que reveste o nariz.

6. Rinossinusite

Chamamos de rinossinusite, quando há uma infecção do nariz e dos seios paranasais.

Ou seja, é como uma rinite e sinusite juntos.

Normalmente, os médicos preferem usar o termo rinossinusite é preferível à sinusite.

Isso porque, raramente teremos inflamação dos seios paranasais sem inflamação da mucosa nasal.

Pode ser causada por múltiplas etiologias incluindo alérgenos, irritantes ambientais e infecção, com os quadros virais sendo a sua principal etiologia.

Quando notar algum dos seguintes sintomas, tanto nos adultos como nas crianças:

  • Resfriado que dura de 10 a 14 dias, às vezes com febre baixa;
  • Catarro verde no nariz e vias aéreas;
  • Corrimento por trás do nariz, que pode levar a dor de garganta, tosse, mau hálito, náuseas e até vômitos;
  • Dor de cabeça, após os 6 anos de idade;
  • Irritabilidade e fadiga.

Assista o vídeo sobre catarro verde no nosso canal… Aproveite e Inscreva-se!

Tosse com catarro verde e rouquidão

Toda rouquidão crônica que nunca melhora, deve ser fortemente investigada, pois pode se tratar de algum tumor nas vias aéreas.

De qualquer forma, a rouquidão , com ou sem catarro, representa um mau funcionamento da laringe.

Assim, qualquer problema nas vias aéreas superiores que afetem a laringe pode causar a rouquidão.

Uma gripe forte com formação de muco pegajoso causa tosse.

Considere, que se sua tosse está persistente, a rouquidão provém daí.

Catarro verde na garganta

Esse é o sintoma comum de qualquer infecção das vias aéreas com formação de muco.

A sinusite por exemplo, há o que chamamos de gotejamento pós-nasal, que é quando o muco desce dos seios da face em direção à garganta.

Quando isso acontece, se você escarrar, o catarro verde (se estiver verde) sairá pela garganta.

Da mesma forma, uma gripe forte com acometimento dos brônquios pelo muco.

Você, com toda certeza, pode expelir o catarro verde e achar que está na garganta.

Rinite causa catarro verde?

Normalmente não. O catarro da rinite é, decerto, menos espesso, quase líquido e claro, acompanhado de espirros, coceira no nariz, olhos vermelhos.

Quando estes sintomas estão todos juntos e com o catarro verde, considere a possibilidade de ser uma rinossinusite.

Como já dito, a rinossinusite é  uma infecção inflamatória do nariz e dos seios paranasais.

Ou seja, uma rinite e sinusite juntos. Veja os sintomas acima.

Catarro verde e olhos remelando

Pode ser sinusite. De acordo com a otorrinolaringologista Dra. Francini Pádua, um dos sintomas da sinusite avançada é a formação de remela, parecida com pus nos olhos.

Além disso, os olhos podem inchar, deixando as pálpebras avermelhadas e irritadas.

Algumas vezes, essa remela pode ser até catarro que está em excesso, preso nos seios da face.

Como eliminar o catarro verde?

Assim como outras doenças,  a maneira de como curar catarro verde dependerá exclusivamente do agente causador.

Isso quer dizer que se for uma infecção viral antibióticos não resolverão o problema.

O médico precisa avaliar clinicamente o paciente, fazer exames de sangue e, ao mesmo tempo, do muco para diagnosticar uma doença viral, bacteriana ou fúngica.

Até a visita ao médico acontecer, temos algumas dicas passadas pelos Dr. Graham Rogers [3], especialista em medicina interna hospitalar no Laurelwood Transitional Care Hospital.

  • Usando um umidificador em sua casa : Manter o ar úmido pode ajudar a soltar o catarro verde e permitir que seja expelido mais facilmente. Aliás esse é o melhor remédio para tosse seca com catarro verde.
  • Gargarejar com água morna salgada : Misture uma xícara de água morna com 1/2 a 3/4 colher de chá de sal. Em seguida,  gargareje para soltar qualquer muco que esteja afetando sua garganta.
  • Usando óleo de eucalipto : Este óleo essencial funciona soltando o catarro verde no peito e pode ser encontrado em produtos como o Vick VapoRub e similares, por exemplo.
  • Tomar expectorantes: Medicamentos como a guaifenesina diluem o muco para que ele flua mais livremente, portanto é um excelente remedio para tosse com catarro verde.

Conclusão

Em suma, catarro verde não é bom sinal, nunca.

O catarro verde indica infecção, na maioria das vezes bacteriana.

Ele pode vir dos seios da face, em caso de sinusite e rinossinusite, ou ao mesmo tempo, do pulmão, como no caso da bronquite e da pneumonia.

Quando o catarro está verde, é preciso buscar ajuda médica para um tratamento.

Portanto, uma complicação pode custar caro.

Opnião médica: Dr. Graham Rogers [3]    Artigo médico-científico: Universidade de Coimbra (1)  Acta Oto-Laryngologica [2]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo