Sua saúde

Dor no bico da mama: o que pode ser? Quando devo ir ao médico

Dor no bico da mama: o que pode ser? Quando devo ir ao médico?
Dor no bico da mama: o que pode ser? Quando devo ir ao médico
4.7 (93.33%) 3 votes

A dor no bico da mama, sempre, sempre mesmo, vai assustar a mulher. Existem muitas causas possíveis de dor nos seios ou seios dolorosos.

Alguns são tão benignos quanto um sutiã mal ajustado ou alergia ao tecido que causa coceira nos seios.

Outros, como o câncer de mama são mais sérios, conforme nos diz o Dr. Michael Weber [1], obstetra e ginecologista da William Carey University.

É por isso que você deve consultar seu médico sobre qualquer dor no bico da mama que não melhore.

Leia para saber mais sobre as causas da dor nos mamilos e o que você pode fazer para controlar esse sintoma.

O que pode ser dor no bico da mama?

Uma das explicações mais fáceis para dor no bico da mama é a fricção.

Um sutiã solto ou camisa apertada, por exemplo, podem roçar demais os mamilos que são sensíveis e irritá-los.

Contudo, de acordo com um estudo publicado no Journal Of Obstetrics, Gynecology & Neonatal Nursing [3], se o atrito não é a causa, segue abaixo algumas outras condições a considerar.

1. Períodos menstruais

Algumas mulheres notam que seus seios ficam doloridos pouco antes do período menstrual.

Essa dor é causada, decerto, por um aumento nos hormônios estrogênio e progesterona, o que faz com que seus seios se encham de líquido e aumentem.

No entanto, a dor deve desaparecer quando o seu período inicia ou pouco depois.

2. Gravidez

É um momento de mudança em seu corpo. Você notará várias mudanças, de dor no bico da mama a tornozelos inchados, isso porque a composição hormonal do seu corpo muda para apoiar o seu bebê em crescimento.

Aumento da mama e dor nos seios estão entre os primeiros sinais de gravidez. Ao mesmo tempo, a grávida também pode ver algumas pequenas pontadas em torno dos mamilos.

3. Eczema ou Dermatite

Crostas, descamação ou bolhas ao redor do mamilo, além da dor, podem indicar que você tem uma doença de pele chamada dermatite. Eczema é um tipo de dermatite. A dermatite ocorre quando as células do sistema imunológico da sua pele reagem de forma exagerada e causam inflamação. Às vezes, você pode fazer com que a dermatite entre em contato com substâncias irritantes, como detergentes ou sabonetes.

4. Câncer de mama

A dor no bico da mama é um sinal tabém de câncer de mama.

Junto com a dor, segundo os autores de um estudo publicado na Science [2], você também pode ter sintomas como estes:

  • Um caroço no seu seio;
  • Mamilo com vermelhidão, descamação ou até mesmo, virado para dentro;
  • Secreção no mamilo que não seja o leite materno;
  • Por fim, mudança no tamanho ou na forma de um seio.

5. Mastite

É uma infecção que faz a mama inchar, ficar vermelha e dolorida. Outros sintomas incluem febre e calafrios.

Você pode desenvolver mastite quando o leite fica preso em um de seus dutos de leite e bactérias começam a crescer dentro.

Seu médico pode prescrever antibióticos para tratar a infecção.

Como é feito o diagnóstico

Se você não conseguir verificar a causa da dor no bico da mama, como sendo a menstruação ou um sutiã mal ajustado, e se a dor não desaparecer, consulte seu médico.

Dessa forma, você pode consultar o seu médico ginecologista para realizar alguns exames.

O médico perguntará sobre seus sintomas e, ao mesmo tempo, o que parece provocar a dor.

Por exemplo, eles podem perguntar se seus mamilos doem logo antes do período menstrual ou quando você amamenta.

Em seguida, o médico examinará seus seios e mamilos. Se você suspeitar que possa estar grávida, seu médico fará um exame de sangue para confirmar.

Se o médico achar que você pode ter câncer, será solicitado algum destes exames:

  • Mamografia é um teste que usa raios-X para procurar câncer nos seios. Você pode fazer esse teste como parte de uma triagem regular ou para diagnosticar o câncer de mama;
  • O ultrassom usa ondas sonoras para procurar mudanças no seu peito. Assim, um ultrassom pode dizer se um caroço é sólido, o que poderia ser câncer, ou cheio de líquido, o que poderia ser um cisto.
  • Ao mesmo tempo, a biópsia remove uma amostra de tecido do seu seio. Esse tecido é examinado em laboratório para ver se é cancerígeno

Figadas no bico da mama

Muitas mulheres sempre imaginam que esse sintoma está associado a câncer, mas, na verdade, é muito raro que o câncer cause esse sintoma.

Contudo, sentir fisgadas no mamilo pode ser sinal de gravidez e, ao mesmo tempo, é o tipo de dor característico de quem está amamentando.

Dor no bico da mama é sinal de gravidez?

Como já explicado, é sinal sim, pois as mulheres que estão grávidas podem sentir mamilos doloridos porque seus corpos estão passando por um processo de mudança intenso.

O organismo produz estrogênio a taxas altíssimas, o que facilita o crescimento dos seios e a eventual produção de leite.

Ao mesmo tempo, o estrogênio aumenta a quantidade de sangue circulando pelo corpo.

Então, quando combinado com a progesterona e outros hormônios, pode causar dor nos mamilos, descoloração e ultrassensibilidade.

Dor no bico da mama ao amamentar

As mulheres que amamentam também são propensas a dor no bico da mama.

Quando um bebê recém-nascido aprende a pegar o seio de sua mãe, os mamilos da mãe e o tecido areolar se esticam, causando sensibilidade no bico da mama.

Além disso, algumas mulheres sofrem rachaduras nos mamilos durante a amamentação, causando dor intensa e muita sensibilidade.

A maioria desses problemas resulta do posicionamento incorreto do bebê no seio, uma situação que normalmente é resolvida quando um consultor de lactação ou outro especialista ensina como posicionar corretamente um bebê durante a amamentação.

Dor no bico da mama esquerda ou direita

Os motivos para dor no mamilo de um ou do outro lado são os mesmos.

As causas subjacentes seja no bico da mama direita ou esquerda, podem estar relacionadas com problemas hormonais, infecções ou até câncer.

Não há, portanto, uma razão exclusiva para doer de um lado ou de outro.

Dor no bico da mama antes da menstruação

Isso é normal, pois as alterações hormonais normais no ciclo mensal de uma mulher também podem desencadear dores nos seios e nas mamas.

Esses sintomas geralmente são sentidos nos dias anteriores ao início do período, quando os aumentos nos níveis de estrogênio e progesterona atraem mais líquido para os seios e os deixam inchados.

A dor associada a alterações hormonais geralmente desaparece quando a menstruação desce.

Resumo

Resumindo, existem muitas causas de dor nos mamilos, algumas são banais como um sutiã que não se encaixa bem ou uma roupa apertada demais. 

Ao mesmo tempo, pode a dor no mamilo é ocorrência comum em mulheres menstruadas, grávidas ou amamentando.

Existem causas mais graves de dor nos mamilos, como infecções e câncer , por isso é importante consultar um médico para um diagnóstico e tratamento adequados.

Se este texto ajudou você, compartilhe com seus amigos, pelo Whatsapp ou Facebook.

Opinião médica: Dr. Michael Weber [1] Artigos médico- científicos: Science [2]  Journal Of Obstetrics, Gynecology & Neonatal Nursing [3]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo