Sua saúde

Manchas escuras na virilha: O que causa e como se livrar delas

Virilha escura: causas e tratamentos para manchas escuras na pele

Manchas escuras na virilha: O que causa e como se livrar delas
5 (100%) 3 votes

Ter virilha escura é um desconforto estético para qualquer mulher. Atrapalha usar biquíni, mas principalmente derruba a autoestima. Assim, grande parte das mulheres com manchas escuras na pele da virilha preferem evitar o uso de roupas de banho. Relacionamos os três principais motivos que levam ao escurecimento da virilha. Ao mesmo tempo, mostraremos os três tratamentos mais indicados.

As pessoas mais suscetíveis ao desenvolvimento de manchas escuras na pele da virilha são pessoas de pele negra ou morena. Assim como, quem sofre de qualquer tipo de síndrome metabólica, como diabetes e pré-diabetes. Pessoas com dermatites de contato e com alergias de pele também podem incentivar a produção de melanina no local, deixando a virilha escura.




O que causa manchas escuras na pele?

Acantose: de acordo com um relatório de pesquisa publicado no Repositório Institucional da UFAM(1), a Acantose nigricans   é uma dermatose caracterizada pelo espessamento e pigmentação mais acentuada em áreas de flexuras do corpo, como pescoço, axilas e virilhas. Este é um problema recorrente em pessoas obesas, diabéticas e com endocrinopatias. Aliás, a virilha escura, bem como axila e pescoço é um marcador cutâneo para distúrbios endócrinos. Ou seja, quando uma pessoa é diagnosticada com acantose, ela é uma candidata a exames de rastreamento de doenças endócrinas.

Depilação incorreta: tanto a depilação a quase de cera, quanto com lâmina, pode escurecer a virilha se não forem executadas corretamente. Normalmente, depilar do jeito errado acaba provocando foliculite. Assim, com a inflamação dos folículos pilosos há um aumento na produção de melanina no local. O resultado disso, é infelizmente, o escurecimento da área.

Usar roupas apertadas: umas das causas mais comuns de manchas escuras na virilha é o atrito. Assim, usar shorts, calça ou calcinhas apertadas demais causa uma resposta inflamatória. Por fim, há um estímulo dos melanócitos – células produtoras de melanina – aumentando a produção de pigmento escuro no local. Aliás, por essa mesma razão, muitas pessoas desenvolvem essas manchas escuras na pele das axilas e pescoço. O problema do atrito é mais evidente nas pessoas que estão acima do peso. Como tem excesso de gordura nas coxas, virilha e axila, o atrito é maior. Com isso, a irritação fica mais frequente. Nos dias quentes, o suor aumenta mais ainda o atrito.



Como tratar virilha escura?

Em casa: a dermatologista Christiane Gonzaga, membro das Sociedades Brasileira e Americana de Dermatologia, explicou que há uma forma caseira, prática e barata de resolver ou amenizar as manchas já adquiridas. Ela diz que a melhor maneira de como clarear a virilha é usando o bicarbonato de sódio. A sugestão da médica é usar uma pasta feita de bicarbonato e água limpa (2 colheres de bicarbonato para uma colher de água) como um esfoliante. Este procedimento irá atuar na remoção das células mortas, o que, deixa a região tratada mais clara. Funcionará muito bem com Acantose nigricans amaciando e clareando o local. Assim que terminar o procedimento, lavar o local com água e sabão e hidratar.

No dermatologista ou esteticista: As manchas escuras na virilha podem ser tratadas com procedimentos simples. Assim, apenas com o uso de cremes clareadores e com a realização de artifícios estéticos é possível melhorar muito o problema. Há diversos produtos clareadores que podem funcionar muito bem nesses casos, o site DermaClub recomenda a busca de produtos com  Niacinamida (2) e o PhE-Resorcinol(3) . O peeling químico também uma opção interessante. Ele proporciona o clareamento e melhora  textura do local. O laser também é indicado. Aliás, costuma ser a forma mais eficiente de se livrar da virilha escura. Isso porque, ele atinge as camadas amis profundas da pele e estimula a produção de colágeno.



Artigo científico: Repositório Institucional da UFAM(1)  Bulas: Niacinamida (2)   PhE-Resorcinol(3) 

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo