Sua saúde

Você tem essas bolinhas na pele? Elas não são verrugas e sim, fibromas tumorais. Veja o que fazer quando você desenvolve essa lesão

Verruga mole ou Fibroma mole, veja o que fazer para se livrar

Você tem essas bolinhas na pele? Elas não são verrugas e sim, fibromas tumorais. Veja o que fazer quando você desenvolve essa lesão
3.2 (63.08%) 13 votes

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, isso não são verrugas. Assim sendo, não é uma infecção causada pelo Papiloma vírus. O nome disso é “acrocórdon” ou “verruga mole”, uma lesão tumoral da pele que ocorre especialmente em adultos, tanto homens como mulheres.  É uma lesão benigna, porém devido sua localização preferencial em dobras e flexuras, causa desconforto clínico. Então, se você tem essas bolinhas na pele. Isso não é verruga e sim, fibroma mole. Veja o que fazer.

Um comunicado publicado na Medicina cutánea ibero-latino-americana (1), é constituído de tecido epidérmico e conjuntivo (epiderme e derme) em estado de proliferação, que se manifesta em forma de pêndulos, de pequena dimensão. Assim, são formados por tecido colágeno frouxo coberto por uma fina camada de pele. A causa é desconhecida e pode estar relacionado a um fator genético.

Mas não há motivos para preocupações, o acrocórdon não é, nem pode se transformar em câncer de pele. Comumente, os acrocórdons surgem à medida que a pessoa envelhece, e são muito comuns em pessoas acima dos 60 anos. No entanto, não há como evitar esse fibroma, podemos desenvolve-lo em algum momento na vida, ou nunca.




Apesar destas lesões serem assintomáticas a orientação dos dermatologistas é que se faça sua retirada. Isso porque, o acrocórdon podem surgir em locais que sofre com a fricção de roupas e isso pode causar inflamação no local. Outra dica também é que nunca gire a bolinha tentando soltá-la da sua pele, pois pode formar um coágulo no local e doer bastante.

Como remover

De acordo com o Dr. Fábio Alex, da Clínica Propele, o médico pode remover facilmente através da congelação com nitrogênio líquido, eletrocauterização com bisturi elétrico ou de sua ressecção com o auxílio de um bisturi ou de uma tesoura. A melhor técnica para se retirar os acrocordons é a retirada a cirúrgica com tesoura de Castroviejo seguido de eletrocauterização. Pode ser feito ainda somente com eletrocauterização.

  drfabioalex    Artigo científico:  (1)

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo