Alimentação

Algo me diz que você nunca mais vai querer comer balas de goma depois de saber como ela são feitas [vídeo]

Vídeo mostra como é feita a bala de goma (jujuba). Aguente firme!

Quem resiste a uma bala de goma? As cores brilhantes e chamativas, todo aquele açúcar e um sabor delicioso! Os marshmallows então, fofinhos e doces. Jujubas, balas de goma, marshmallows, estão com os dias contados como seus doces preferidos. Você sabe como eles são produzidos? Não? Então certamente você deixará de comê-los. Este vídeo mostra como é feita a bala de goma (jujuba). Aguente firme!

Antes de contar como são processados, precisamos dizer que eles têm como base um ingrediente-chave na receita: a gelatina. Esse componente, que também é amplamente utilizado na indústria alimentícia, farmacêutica e em outras áreas quase sempre é obtido do colágeno, de fonte animal.

Leia também: Depois que você souber como é fεita a salsicha vai pensar duas vezes antes de pedir um Hot-Dog |vídεo




Contudo, nem tudo são flores. Afinal, o colágeno é obtido da fervura dos ossos, pele ou qualquer órgão contendo tecido conjuntivo de alguns animais, como porcos, vacas, cavalos e aves. Com isso, antes de ser processada e virar uma massa incolor, sem sabor e inodora, a gelatina é proveniente de animais em abatedouros e curtumes. Os processos que levam a obtenção da gelatina podem ser perturbadores, e vídeos sobre isso estão sendo divulgados recentemente.

Certamente ao assistir esses vídeos, você ficará assustado e evitará as balas de hoje em diante.

O vídeo impressiona!



Mesmo com essa fama nada boa de fabricação, há quem diga que essas balinhas fazem bem para a saúde. Sem adição de gorduras e açúcares, a bala de goma é feita à base de colágeno hidrolisado. Esse tipo de proteína tem como função principal dar sustentação às células e fortalecer unhas e cabelos. Além disso, pode combater o envelhecimento precoce, a flacidez dos músculos e pele. Então, para deixar o docinho ainda mais apetitoso e também atrativo, são adicionados aromas de frutas.

megacurioso


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo