Sua saúde

Surto de Sarampo: quem precisa vacinar? Quem pode vacinar? Grávida pode? Bebê pode?

Surto de sarampo: quem pode vacinar? Grávidas e bebês podem?

A volta em massa de casos e suspeitas de sarampo tem deixado as pessoas bastante preocupadas. O sarampo é uma doença que, praticamente, já havia sido erradicada no Brasil. Desde 2016 temos o registro da eliminação do sarampo no país, oficializado pela Organização Mundial da Saúde. Agora, as autoridades de saúde têm alertado para um possível surto de sarampo. Mas quem precisa vacinar? Quem pode vacinar? Grávidas e bebês podem?

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa. Se contamina crianças, que tem o sistema imunológico mais sensível, a doença pode levar a morte. Com isso, o sarampo está longe de ser uma doença leve, como a catapora, por exemplo. Antes do surgimento das vacinas, foi a causa principal de mortalidade infantil no mundo inteiro.




Quem pode tomar a vacina?

A Dra. Isabela Ballalai, presidente da Sociedade brasileira de Imunizações, diz que pessoas de todas as idades pode tomar a vacina. Contudo, o Ministério da Saúde, disponibiliza duas doses para quem tem entre 12 meses e 29 anos. Na rede pública, também é possível a vacinação gratuita até os 49 anos, mas, nesse caso, uma dose é administrada.

A médica diz que as pessoas maiores de 50 anos, possivelmente, já tiveram sarampo, e, portanto, estão imunizadas. No entanto, caso queiram garantir a imunidade, podem procurar a vacinação individualmente, em particular.

Apesar de a vacinação estar aberta para todos, há um grupo que não pode se vacinar: grávidas, casos suspeitos de sarampo, crianças menores de seis meses de idade e pessoas com imunodeficiências.



Surto de sarampo: quem pode vacinar? Grávidas e bebês podem?

O vírus do sarampo, apesar de ser considerado principalmente um patogênico respiratório, causa uma doença sistêmica. Para além de febre, tosse, coriza, fatiga, etc., o vírus provoca uma prolongada imunodepressão que pode permanecer durante vários meses. As primeiras células a serem infectadas são células do sistema imunológico.

A vacina é segura?



Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações, a vacina contra sarampo é feita de vírus atenuado (muito enfraquecido). Aliás, em décadas de imunização no mundo inteiro, somente poucos casos de alergia ao leite contidos na vacina foram observados. Assim, todos, com exceção do grupo citado acima podem tomar a vacina.

Leia também: Movimento antivacinas trouxe de volta uma doença fatal e já há registros de vítimas fatais

Por que esse surto surgiu?

Ainda não se sabe ao certo o porquê da volta do sarampo. Há especialistas culpando os movimentos antivacinas de ter enfraquecido a imunidade da população. Afinal, muitos pais decidiram não vacinar os filhos, depois que essas campanhas contra a vacinação se espalharam pela Web.

Apesar disso, o Ministério da Saúde acredita que vá conseguir controlar os surtos. No entanto, deixam claro que o aumento das taxas de vacinação é importantíssimo para garantir o controle da doença.

G1

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo