Sua saúde

Acabar com cabelos oleosos: Aqui estão ótimas regras para tirar a oleosidade dos cabelos para sempre

Oleosidade nos cabelos: Como acabar com cabelos oleosos para sempre
Esse texto foi útil para você?

Oleosidade nos cabelos: Como acabar com cabelos oleosos para sempre. Ter os cabelos oleosos é um drama na vida de muita gente. Seja homem ou mulher, a oleosidade dos cabelos deixa um aspecto de sujeira e descuido. Muitas pessoas sofrem deste problema e, na verdade, não há muito o que fazer a não ser seguir pequenas regras que vão acabar com cabelos oleosos para sempre.

A dermatologista, Dra. Daniela Pimentel, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, esse problema se dá devido à produção excessiva de gordura pelas glândulas sebáceas do couro cabeludo. “Em alguns casos, pode estar relacionado ao   estresse e à existência de cistos nos ovários“, explicou Daniela. Contudo, na maioria das vezes a oleosidade é decorrente do mau uso de produtos capilares, alimentação rica em gorduras e exposição a ambientes demasiadamente úmidos.

Algumas regras são de praxe para pessoas que tem cabelos oleosos. Então, se este é seu caso e você não está seguindo tal regras, trate de passar a se habituar com elas.

Leia também: Mulheres adeptas ao “no-poo” garantem que NUNCA usam shampoo nos cαbelos e foi a melhor coisa que já fizeram na vida

Quem tem cabelos oleosos não pode:

Lavar a cabeça com água quente: pois é, quanto mais alta a temperatura da água mais o couro cabeludo ficará ressecado. O resultado disso é um estímulo nas glândulas de sebo que passam a produzir muito mais óleo do que deveriam. A temperatura da água certa é de morna para fria, sempre!

Exagerar nos condicionadores: outro erro é besuntar os cabelos com muito condicionador. Aliás, na maioria das vezes, a oleosidade nos cabelos é causada justamente pelo uso de condicionadores e máscaras em excesso. A dica é usar condicionadores apenas da altura da orelha para baixo. Além disso, passar a usar condicionadores em gel, ajudará bastante.

Usar cremes sem enxague: os cremes próprios para serem deixados nos cabelos deixam resíduos que aumentam a oleosidade. Além disso, em muitos casos, favorecem o surgimento de fungos, o que também aumenta a quantidade de sebo no couro cabeludo.

Usar álcool, vinagre ou limão nos cabelos: vários sites ensinam que o vinagre, por exemplo, é um excelente truque para tirar a oleosidade dos cabelos. Não caia nessa! Quem produz muito sebo tem uma tendência a dermatite seborreica. Assim, usar produtos alcoólicos e ácidos irão estimular mais ainda essa tendência.

Leia também: Lavar os cαbelos todos os dias causa mais caspa? Veja o que especialistas em saúde capilar dizem

Quem tem cabelos oleosos precisa de:

Equilibrar o uso de sulfatos: apesar de o Lauril Sulfato de Sódio ser considerado um vilão atualmente, no caso do cabelo oleoso ele pode ajudar, uma vez que ele resseca mais e ajuda a reduzir a oleosidade. Quem tem cabelos oleosos pode não conseguir lavar os cabelos normalmente se usar um shampoo sem sulfato. No entanto, é preciso equilibrar o seu uso, pois pode causar irritação nos olhos, pele e mucosas, levando a mais estímulo das glândulas sebáceas. Dilua seu shampoo ou alterne com outras opções sem sulfato.

Usar shampoos para cabelos oleosos: se no mercado temos shampoos para pessoas que fabricam mais sebo, então, por que não usar? Para cabelo oleosos, os produtos contêm tensoativos. Ou seja, substâncias encarregadas de se ligarem em gorduras e sujeiras e levá-las embora com o enxague. O Lauril Sulfato de Sódio, como já dito, é um tensoativo que age como um potente agente desengordurante.

Lavar os cabelos dia-sim, dia-não: se você não tira a oleosidade na medida ideal a glândula sebácea fica muito estimulada a produzir mais. Assim, se você tem cabelo oleoso não pode descuidar da rotina de lavagem. É melhor lavar os cabelos em dias alternados. Não é indicado ficar dois ou três dias sem lavar e, muito menos, lavar todos os dias.

MV

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo