Mulher

Tratamento para engravidar: ginecologista ensina remédio caseiro natural “tiro e queda”

Tratamento para engravidar: médica ensina remédio caseiro natural

Com os avanços da medicina moderna, existem atualmente diversos tipos de tratamentos para casais que não conseguem engravidar. De modo geral, os médicos consideram como “infértil” o casal que tenta engravidar há 1 ano sem sucesso. Assim, mesmo com relações sexuais frequentes e sem uso de anticoncepcionais muitos casais não conseguem o objetivo. Hoje, muita gente recorre a tratamento para engravidar natural. Assim, buscamos a sugestão de uma médica que ensinou um remédio caseiro fantástico.

Para resolver o problema de casais inférteis, existem uma série de tratamentos modernos e supereficazes. Dentre eles, os mais usados são o coito programado, inseminação artificial e a fertilização in vitro. Contudo, muitas vezes, não há problema com o casal e uma interferência natural e caseira resolve bem o problema.

Segundo a ginecologista, Dra. Sheila Sedicias, da Universidade Federal de Pernambuco, há maneiras naturais que facilitam engravidar. Estes, devem ser tentados antes de buscar ajuda em clínicas de fertilização. Afinal, em grande parte do tempo, a mulher só precisa regular os ciclos de produção dos óvulos.




Agnocasto  (Vitex agnus-castus)

A médica explica que uma planta chamada Agnocasto tem um excelente efeito quando o problema é o descontrole no clico de fabricação dos óvulos. Agnocasto é uma planta medicinal, também conhecida como alecrim de angola, árvore da castidade e casto, utilizada, principalmente, para tratar as cólicas menstruais. Contudo, a planta atua brilhantemente quando a mulher está tentando engravidar.

O Agnocasto (Vitex agnus-castus) é a mesma planta usada para fabricar um medicamento fitoterápico chamado Lutene®. Esse, é amplamente utilizado no tratamento de alterações no ciclo menstrual, sobretudo quando há ausência de ovulação. A bula do Lutene® diz que o fitoterápico age diminuindo a liberação do hormônio folículo estimulante (FSH), estimula a secreção do hormônio luteinizante (LH) e inibe a secreção de prolactina.



Leia também: Fluxo menstrual intenso pode ser doença? Médicos mostram as causas mais comuns

Remédio caseiro

Dra. Sheila ensina que a melhor forma de usar o Agnocasto é fazendo um chá simples. Além de a regular os ciclos de produção de óvulos, ele também pode evitar a ocorrência de abortos.

Como fazer: Juntar 4 colheres de Agnocasto e 1 litro de água fervente. Depois, deixe repousar por 15 minutos tampado. Não ferva a erva, só deixa na água quente. Depois coar e beber 3 xícaras de chá por dia para ajudar no tratamento da infertilidade feminina. O agnocasto pode ser encontrado desidratado em lojas de produtos naturais, se conseguir natural, melhor!



Coito programado

O segredo para engravidar consiste em ter relações durante a ovulação e período fértil, tendo óvulo e espermatozoides de boa qualidade para que possam se desenvolver, dando início a gestação. Assim, quando começar a beber o chá, é indispensável que ela saiba identificar a ovulação. Para isso, leia este texto: “Como saber se estou ovulando?”

Além disso, a ginecologista alerta que a saúde íntima do casal deve estar perfeita: sem corrimentos com mau cheiro, sem coceira, vermelhidão ou dor nas partes íntimas.

consultaremedios / tuasaude

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo