Mulher

Pressão alta durante a menstruação: o que pode ser? Médicos explicam

Pressão alta durante a menstruação: o que pode ser? Médicos explicam

Pressão alta durante a menstruação: o que pode ser? Médicos explicam
5 (100%) 3 votes

Não é nada raro que uma mulher, principalmente após os 35 anos, reclame que durante a menstruação seus níveis de pressão ficam altos. Assim, a pressão alta durante a menstruação, não é uma condição rara. Ao mesmo tempo, nem sempre é um indicativo de que a mulher sofra de hipertensão. Mas, o que pode ser? Por que acontece?

Isso acontece naturalmente, porque progesterona está alta nos dias que antecedem a menstruação. Esse aumento provoca a retenção de líquidos, que pode ser sentida nos seios e na região do abdômen. De acordo com o endocrinologista, Dr. Alfredo Hapem, essa retenção pode ser sentida na balança e algumas mulheres podem aumentar até 2 kg nesta fase. A endocrinologista, Dra. Márcia Kelman, da Clínica BioDiet, explicou que quem mais sofre com isso são as mulheres com o chamado corpo violão.  As mulheres com esse biótipo – cuja gordura está mais localizada no bumbum e nas coxas – retém ainda mais líquido no período pré-menstrual.

Quando o corpo da mulher está sofrendo essa retenção de líquidos, é comum que muitas delas tenham um pequeno aumento na pressão sanguínea. A retenção aumenta o volume de líquido circulante, colaborando para elevar ainda mais a pressão arterial. Esse mecanismo acaba agindo sobre a aldosterona que dá ordem aos rins para reter mais água e sódio, e aumentar a pressão. No entanto, este leve aumento na pressão sanguínea não é motivo de preocupação. Assim que a retenção de líquidos diminui, a pressão sanguínea costuma voltar ao normal. Caso contrário, é indispensável buscar ajuda médica, pois este, pode ser um caso de hipertensão real.




Pressão alta durante a menstruação: o que pode ser? Médicos explicam

Uma pressão alta em consequência de retenção de líquidos na menstruação, não pode ultrapassar valores de 15×8. Caso contrário, pode realmente ser um quadro de hipertensão.



Leia também:  Cólica fora do período menstrual: É normal? O que pοde ser?

TPM e hipertensão

Um estudo científico publicado no American Journal of Epidemiology (1) sugere que as mulheres que sofrem de TPM também têm maior risco de terem hipertensão. Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores estudaram 1.275 mulheres com TPM muito intensos todo mês. Eles compararam com outro grupo de 2.463 mulheres com TPM baixa ou moderada. O resultado foi que as mulheres do primeiro grupo eram 40% mais propensos a desenvolver hipertensão.

O estudo também observou que mulheres que faziam regularmente de vitamina B (B1, B2 e B9 em particular) para prevenir TPM eram menos prováveis ​​de desenvolver pressão alta.



O cardiologista Dr. Andre Wambier, do Hospital do Coração do Brasil concorda com este estudo. Ele explicou que existe um sistema, chamado eixo renina-angiotensina-aldosterona, que fica em disfunção quando a pessoa sofre de hipertensão. Ele funciona na regulação do sódio e do volume sanguíneo e, durante a TPM, também sofre um desequilíbrio.

topsante Artigo: (1)

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo