Alimentação

Para que serve Cloreto de magnésio? Seu cérebro ama muito

Para que serve Cloreto de magnésio
Para que serve Cloreto de magnésio? Seu cérebro ama muito
4.3 (85%) 8 votes

Para que serve Cloreto de magnésio? Nosso cérebro trabalha baseado nos fatores ambientais e seu bom funcionamento depende principalmente do que comemos. O que ingerimos, fornece ao cérebro substâncias como as proteínas, carboidratos, as gorduras que organizam as membranas das células os sais que participam do equilíbrio elétrico das células e sinais nervosos, etc. Um mineral que tem dado o que falar é o magnésio. Mas, o que é  e para que serve cloreto de magnésio?

Quando comemos mal, a deficiência de nutrientes causam um desequilíbrio estrutural e bioquímico dos processos neurológicos. O magnésio é um mineral encontrado nos alimentos com várias funções importantes no organismo, como a contração muscular. Pode ser encontrado em alimentos como sementes de abóbora e girassol, amêndoas, castanha-do-pará, espinafre, beterraba e muitos outros.

Para que serve Cloreto de magnésio?

Muita gente não sabe para que serve Cloreto de magnésio. O magnésio, a saber, participa de cerca de 300 reações químicas no nosso organismo. Vários estudos comprovam que a aprendizagem e memória aumentam quando existe maior concentração de magnésio no cérebro. Dessa forma, este nutriente acrescenta plasticidade sináptica e densidade das sinapses no hipocampo – região cerebral que abriga a memória. Ele provoca um enriquecimento das capacidades de aprendizado e das memórias de curto e longo prazo.

Cientistas animados com a ação positiva do magnésio no cérebro, desenvolveram um novo composto chamado de magnésio-L-treonato ou MgT que seria mais dinâmico do que os suplementos orais de magnésio já vendidos nas lojas. O novo suplemento tem maior absorção e tem um efeito mais ativo no sistema nervoso. Estudos indicaram que o MgT acrescenta níveis de magnésio ao cérebro de ratos em 15% após 24 dias. É uma porcentagem bastante significativa! O suplemento mostrou ter potencial terapêutico para o tratamento de Mal de Alzheimer em seres humanos. Assim, funciona como protetor das sinapses e limitando a extensão de lesões e disfunções neurológicas.

A falta do magnésio no organismo pode ocasionar problemas como cãibra, fadiga, perda de memória, depressão, irritabilidade e insônia. Além disso sem magnésio poderá ter enxaquecas, problemas cardíacos e, mais raramente, zumbidos nos ouvidos. Desta forma, aquelas pessoas acostumadas com comidas processadas diariamente podem sofrer seriamente pela deficiência de magnésio. Além disso, situações de estresse podem desencadear uma perda deste nutriente através da urina. Os idosos devem tomar muito mais cuidado com a falta de magnésio, já que a deficiência aumenta com o tempo de vida.

A ingestão de magnésio deveria ser de 320 a 420 mg por dia, apesar disso o consumo médio não passa de 250 mg.

10 motivos para ingerir mais magnésio

  1. O magnésio está envolvido em mais de 600 reações bioquímicas no corpo humano. Um dos papéis principais do magnésio é agir como “molécula auxiliar” nas reações bioquímicas  realizadas o tempo todo pelas enzimas.  Podemos citar, por exemplo, conversão de energia, Síntese de proteínas, manutenção genética, movimentos musculares e regulação do sistema nervoso.
  2. Os suplementos de magnésio podem melhorar o desempenho do exercício. Um estudo publicado na Magnesium Research ( 1 ) durante o exercício , o corpo precisa de 10 a 20% a mais de magnésio do que quando está descansando, dependendo da atividade . Pois, ele ajuda a transportar o açúcar do sangue para os músculos e eliminar o ácido lático.
  3. Suplementos de magnésio reduzem os sintomas da depressão de acordo com estudos. Uma publicação da Pharmacology Report ( 2 ) o magnésio desempenha um papel crítico na função cerebral e no humor. Ao mesmo tempo,  baixos níveis estão ligados a um aumento do risco de depressão.
  4. Pessoas que fazem suplementação de magnésio têm menor risco de diabetes tipo 2. Além disso, tomar magnésio pode levar a melhorias significativas nos níveis de açúcar no sangue e hemoglobina A1c, conforme publicação da revista Diabetes Care ( 3 ).
  5. Magnésio pode baixar a pressão arterial de acordo com estudo. Um estudo publicado no Journal Of Human Hipertension  ( 4 ), por exemplo, pessoas que tomaram 450 mg de magnésio por dia tiveram uma redução significativa na pressão arterial sistólica e diastólica.
  6. A suplementação de magnésio tomada regularmente reduz as crises  de enxaqueca. Um estudo do Journal Of Neural Transmition ( 5 )   revelou que pessoas que sofrem de enxaqueca têm tendencias serem deficientes de magnésio.
  7. Suplementos de magnésio se mostraram eficientes para melhorar os sintomas da TPM. O magnésio teria uma boa resposta quanto a retenção de líquidos, Cólicas menstruais, cansaço e irritabilidade.

Não tome sem orientação médica

Mesmo sabendo para que serve Cloreto de magnésio, os médicos garantem que isso não é necessário. De acordo com o Dr. Eduardo Finger, clínico, não há razão alguma para alguém tomar cloreto de magnésio diariamente. Ele diz que o corpo adquire todo o cloreto e todo o magnésio que precisa de sua dieta. Ficar tomando algo assim apenas cria um problema a mais para ele resolver que é : como se livrar desta sobrecarga de cloreto de magnésio. “Enquanto o corpo está preocupado lidando com o cloreto de magnésio que ele não pediu e não precisa, ele deixa de fazer coisas mais importantes. Então não tome“, alerta o médico.

Artigos médico-científicos: Magnesium Research ( 1 ) Pharmacology Report ( 2 )  Diabetes Care ( 3 )  Journal Of Human Hipertension  ( 4Journal Of Neural Transmition ( 5 )

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma Resposta

Topo