Plantas e fungos

Cabelo do milho: O que é? Para que serve? É mesmo bom para saúde?

Cabelo do milho (estigma): O que é? Para que serve?

Muita gente tem curiosidade em saber o que é e para que serve o cabelo do milho (estigma). No ponto de vista da biologia, o milho tem aquela cabeleira, porque ele precisa daqueles fiozinhos para se reproduzir. Isso mesmo! Na verdade, os “cabelos” ou a “barba” do milho servem para transportar os grãos de pólen que vão fecundar os óvulos da espiga, dando origem aos grãos de milho, que são os frutos do vegetal.

Tudo isso acontece por causa de uma característica bem peculiar: para garantir sua reprodução, o milho possui os dois sexos na mesma planta, ou seja, é uma planta Monoica. O lado masculino é representado pelo pendão, a parte superior da planta que contém as flores com pólen. Já o lado feminino, representado pela espiga, tem como um dos sinais mais aparentes justamente aqueles cabelinhos, que chamamos de estigma.

Quando os cabelinhos do milho aparecem (pelo menos dois meses depois do plantio), o milho já está pronto para se reproduzir. Assim que os estigmas emergem a partir da palha fica marcado o primeiro estágio reprodutivo. Nessa hora, as flores liberam uma grande quantidade de pólen que pode chegar a 20 milhões de grãos por planta (uhhh!).




Cabelo do milho (estigma): O que é? Para que serve?

Assim que emergem os fios de estigma, fica marcada a primeira fase da reprodução.



 

Leia também: Dormir com plantas no quarto faz mal? Causa falta de ar? O que dizem os especialistas?

A próxima etapa fica por conta do vento. Com a ação do vento, o pólen acaba sendo carregado e cai nos cabelos do milho.  Assim, uma vez que um grão de pólen atinge um cabelo (polinização), forma-se o tubo polínico. Depois disso, em  cerca de 24 horas este tubo já chega até o óvulo. Depois de atingir o óvulo, a fertilização ocorre e o óvulo transforma-se em um grão. Ou seja, cada um dos grãos de pólen caminha por um fio e fertiliza um óvulo, gerando espigas. No final deste processo, a planta passa por uma espécie de “calvície” vegetal. Aqueles fios secam e caem facilmente do sabugo.



Cabelo do milho (estigma): O que é? Para que serve?

Nesta imagem  é possível ver com clareza as flores que foram fecundadas e formaram o grão e as flores não fecundadas. Observe que de cada flor não fecundada sai um “cabelinho”.

O cabelo do milho é mesmo bom para a saúde?

O cabelo do milho (Stigma maydis) é uma importante parte reprodutiva do milho, usada tradicionalmente pelos chineses e nativos americanos para tratar muitas doenças. Há milhares de estudos sobre as propriedades do estigma do milho. A maioria deles não encontrou toxicidade nem citotoxicidade.

Um estudo de 2013, publicado na revista científica Molecules fez uma revisão fitoquímica e farmacológica do cabelo do milho.  Em conclusão, os pesquisadores dizem: “Estudos farmacológicos ( in vitro e in vivo ) mostraram suas notáveis ​​bioatividades como antioxidante, redutor de hiperglicemia, antidepressivo, antifadiga e agente diurético eficaz. Alguns dos estudos confirmaram as descobertas anteriores e descobertas de novas pesquisas provaram que o cabelo do milho é seguro e não tóxico. Com as alegações em potencial de saúde, é importante realizar avaliações clínicas para fundamentar as alegações e aumentar ainda mais a confiança em seus efeitos terapêuticos benéficos para o consumo humano.”

Artigo: Molecules  PS

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


15 comentários

15 Comments

  1. Acho muito louco esse lance de fecundação vegetal! Seres sem sistema nervoso que vivem de forma fantástica! ^^
    Feliz ano novo pra vocês!

  2. katia cilene de oliveira

    em

    infecção de urina é otimo……

  3. Markus

    em

    Está ai uma coisa que eu nunca tinha me perguntado xD
    Muito legal! Parabens pelo belo post!

  4. Fábio

    em

    Esta foi uma pergunta que me foi feita por uma criança de 6 anos e que não consegui responder. Pelo menos agora posso dar uma resposta correta. Obrigado e um abraço….

  5. Karina Sales Bellizze d Carvalho

    em

    E verdade que as colas usadas em cirurgias e feita de veneno de cobra1. Gostaria de saber. abraco

  6. Karina,É verdade, a cola usada nas cirurgias é feito com uma enzima da peçonha da serpente do gênero Bothrops.Estaremos publicando em breve uma matéria mais detalhada sobre o assunto:FIQUE LIGADA!

  7. Guto

    em

    O milho apresenta os 2 sexos na mesma planta, sendo então MONÓICA e não hermafrodita, pois se fosse, seriam os 2 sexos na MESMA FLOR. A flor masculina é o pendão (ápice) e a feminina é a espiga (altura mediana). A autofecundação ocorre em taxas mínimas (até 10%) e predomina a alogamia (fecundação cruzada).

  8. Obrigad Guto, a correção já foi feita. Valeu mesmo! xD

  9. :love: eu gostaria de saber como é a reprodução do milho?Vocês podem mi dizer?

  10. Jean

    em

    👿 pentelhos?

  11. juse

    em

    :bandit: :alien: 👿 :ninja: :sick: 😀 🙂 ^_^ :woot: :p 😉

  12. thais

    em

    oi! eu aprendi bastante sobre o milho,AGORA eu so aprendo aqui!

  13. rodrigo

    em

    puxa valeu mesmo eu precisava de uma resposta dessa para meu trabalho de ciencias^^ valeu mesmo
    xau

  14. Akaruc

    em

    Em suma, há relação entre a potência de reprodução biológica, ou sexual, e a quantidade de cabelo que se tem no milho. Milhos cabeludos procriam mais?

  15. gil

    em

    o cabelo de milho serve… pra fazer chá!

    segundo fitoterapeutas, tem propriedades medicinais:

    http://natural.enternauta.com.br/plantas-medicinais/cabelo-de-milho-propriedades-medicinais/

    Acido úrico, retenção de urina, afecções da bexi, inflamação nos rins.

    Read more: http://www.plantasquecuram.com.br/chas/cha-de-cabelo-de-milho.html#ixzz2NHC5sC24

    (nao sei se há alguma restricao a divulgar sites de terceiros aqui, pessoalmente nao tenho interesse nem ligacao nenhuma com esses sites, sao apenas exemplos)

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo