Sua saúde

Personal Trainer dá as 8 melhores dicas para você ganhar massa muscular rápido

Personal Trainer dá as 8 melhores dicas para você ganhar massa muscular rápido

Quem treina sabe o quanto é difícil alcançar seus objetivos, principalmente quando eles incluem o ganho de massa muscular. Não são raros os casos de pessoas que frequentam academia regularmente, suam a camisa, porém não conseguem alcançar o corpo desejado. O ganho de massa muscular se apoia em dois pilares. O primeiro é a prática de atividades físicas, especialmente a musculação. O outro é a alimentação.

O personal trainer Carlos Bruce, com mestrado em Atividade Física e Saúde, revelou em sua coluna no site Tua Saúde as 8 melhores dicas para alcançar seus objetivos na academia. Ele alerta sobre a importância de fazer exercícios de musculação na academia respeitando as orientações do treinador. Além disso, segundo ele, a alimentação deve ser rica em proteínas.

As dicas do personal não param por aí. Segundo ele, é muito importante dar tempo para o músculo descansar para que possa crescer. “Esse cuidado é importante porque durante os exercícios as fibras musculares se lesionam e enviam um sinal ao corpo que indica a necessidade da recuperação muscular”, disse. Outra coisa importante é que não adianta querer resultado na primeira semana. O ganho de massa muscular real, só surgem nos primeiros 3 meses de prática regular de exercícios de musculação. Depois 6 meses já é possível ver crescimento muscular e definição, mas para isso, precisa seguir à risca as dicas abaixo:




⇒ Fazer cada exercício de forma lenta, sentindo todo o movimento do músculo, evitando fazer compensações que tornam o exercício mais fácil.

⇒ Não parar o exercício assim que começar a sentir dor porque é quando o músculo começa a “queimar” as fibras brancas ( de curta duração ), que são as que levam à hipertrofia, são solicitadas.

⇒ Treinar de 3 a 5 vezes por semana, sendo que o mesmo grupo muscular só deve ser exercitado 1 ou 2 vezes.

⇒ Ingerir alimentos ricos em proteínas diariamente, em todas as refeições, mas especialmente após os exercícios.



⇒ Começar o treino pela musculação e só depois fazer os exercícios aeróbicos porque assim há mais disposição para exigir ao máximo dos músculos isoladamente.

⇒ Revisar toda a série a cada 4 ou 5 semanas, alterando ou acrescentando alguns exercícios para aumentar a intensidade e os desafios.

⇒ Cada exercício deve ser realizado utilizando 65% da carga máxima que se consegue fazer com uma única repetição. Por exemplo: quando só se consegue levantar um peso de 30 kg com a extensão de coxa, deve-se treinar utilizando um peso de 20 kg, com aumento progressivo;

⇒ Quando atingir o objetivo pretendido, não deixar de se exercitar para não perder a definição conquistada. Geralmente a perda de massa muscular pode ser observada em apenas 15 dias sem treino.



 

tuasaude

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo