Essa cachorrinha salvou as crianças, mas perdeu todo o focinho no acidente. A família se recusou a sacrificá-la


Em 2011, a cadelinha Kabang ficou famosa em todo mundo depois de salvar duas crianças de uma moto que estava prestes a acertá-las, na cidade de Xamboanga, nas Filipinas. Infelizmente, ela acabou perdendo o  focinho no acidente, porque o maxilar ficou preso na roda e foi difícil de acreditar que ela havia sobrevivido.


Veterinários locais aconselharam a família dona de Kabang (e também família das meninas salvas) a sacrificá-la, mas a família se recusou a perder a cachorrinha, mesmo não tendo todo o dinheiro para o tratamento necessário .

A história ganhou o noticiário local e uma grande quantia em dólar foi arrecadada para a cirurgia reparadora de Kabang, enviada ao hospital veterinário de uma universidade da Califórnia. Durante os meses de tratamento, a cadelinha também foi curada de um câncer e de verme do coração. O hospital universitário explicou que o focinho de Kabang não pôde ser reconstruído totalmente, mas que a intervenção vai protegê-la de infecções e proporcionar ao animal uma vida normal.

g1


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.