Cientistas descobrem que o cheiro da comida já é suficiente para engordar!

3165
Cientistas descobrem que o cheiro da comida mexe no metabolismo e faz engordar
Cientistas demonstraram que o cheiro da comida age sobre o metabolismo humano e faz engordar. Comida cheirosa é responsável pelos quilinhos a mais.

Um estudo conduzido por cientistas da Universidade de Berkeley, na Califórnia, e publicado no periódico Cell Metabolism, demonstrou que o cheiro da comida age sobre o metabolismo humano e faz engordar. Ou seja, a comida cheirosa possivelmente é um fator responsável pelos quilinhos a mais.

Este trabalho é um dos primeiros que mostra a manipulação do olfato para alterar a maneira como o cérebro percebe a entrada de calorias e como ele equilibra o metabolismo energético. Os experimentos consistiram em destruir neurônios olfativos de camundongos através de manipulação genética, de modo que esses animais perdessem temporariamente a capacidade de cheirar.

Foi observado que os animais obesos que perderam o olfato também perderam peso. Os animais que tiveram o olfato “melhorado” geneticamente apresentaram maior ganho de peso que os animais com olfato normal.   Esse estudo demonstra uma ligação entre o sistema olfativo e as partes do cérebro que regulam o metabolismo (mais especificamente o hipotálamo) embora os circuitos neurais envolvidos ainda não tenham sido descobertos.

Estudo diz que o adoçante engana o cérebro e faz a gente engordar mais

Apesar de não terem desvendado os circuitos neurais, os cientistas sugerem que o cheiro de comida alerta o cérebro da refeição que será ingerida, diminuindo o metabolismo e fazendo com que o corpo armazene mais gordura.

Outro ponto importante do estudo é que os camundongos e os seres humanos são mais sensíveis ao cheiro de comida quando estão famintos. A falta do cheiro pode fazer com que o corpo pense que já comeu. Os pesquisadores ainda sugerem que o aumento de peso está relacionado não só com a ingestão de calorias, mas em como o corpo entende essas calorias.

zap