Este homem só tem 30 anos e está passando por um envelhecimento 10 vezes mais rápido devido a uma doença misteriosa


Se você encontrasse o chinês Yuan Taiping na rua, certamente não daria a ele uma idade menor que 70 anos. Mas, por incrível que pareça, este jovem tem apenas 30 anos de idade. Isso porque, aos 20 anos ele começou a ter um envelhecimento acelerado que, segundo os médicos, é de 10 anos a cada 1 ano.

Yuan contou que sua pele começou a mudar há 10 anos. Ele teve um inchaço nas pernas que não revertia e apareceram algumas linhas finas e discretas no rosto. As primeiras mudanças não foram motivo para preocupação, afinal, não eram tão visíveis assim, mas após 3 anos, já se percebia um envelhecimento bastante forte. Daí em diante as rugas se aprofundaram muito e agora, ele parece um vovô de 70-80 anos.


A doença de Yaun ainda é um mistério. Diversos médicos já o examinaram, mas, até hoje, nenhum deu um diagnóstico preciso. Os médicos acreditam que ele não sofre de progeria, doença que causa envelhecimento acelerado de todo o organismo, pois o rapaz tem os órgãos internos normais, ele só tem a pele “velha”.

Os médicos estão desconfiados que o homem sofra de acromegalia, uma condição em que o corpo produz excesso do hormônio de crescimento, e por isso, sua pele tem crescido muito. No entanto, o diagnóstico ainda depende de uma série de exames.

O irmão de Yuan, de 25 anos, iniciou agora  com os mesmos sintomas.
gbtimes
⚠️ ATENÇÃO  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher. ????

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.