Sua saúde

Sintomas de derrame cerebral:se você sentir esses sintomas corra para o hospital. Você está tendo um AVC

Sintomas de derrame cerebral

Os sintomas de derrame cerebral são muito fáceis de detectar.

O Derrame Cerebral, também conhecido como AVC (Acidente Vascular Cerebral), ocorre quando uma parte do cérebro sofre um infarto.

Na maioria das vezes, entretanto, ocorre devido a uma falha na circulação do sangue.




O pronto atendimento dos casos de AVC é essencial.

Uma vez que o tratamento só é eficaz se for iniciado nas primeiras horas do infarto cerebral.

O problema é que os indícios prévios do derrame costumam ser bastante sutis e alguns deles são corriqueiros.

O importante é observar o conjunto de sintomas do derrame cerebral.

O que pode causar um AVC?

Um acidente vascular cerebral pode ser causado por uma artéria bloqueada (acidente vascular cerebral isquêmico) ou o vazamento ou ruptura de um vaso sanguíneo (AVC hemorrágico).

Algumas pessoas podem experimentar apenas uma interrupção temporária do fluxo sanguíneo para o cérebro (ataque isquêmico transitório, ou AIT) que não causa danos permanentes.

Os sintomas de derrame em jovens, adultos e idosos são, basicamente, os mesmos.

Quais são os sintomas de derrame?

Quando você está tendo um derrame, seu cérebro não está recebendo o sangue de que precisa.

Então é preciso de um tratamento urgente para reduzir suas chances de danos cerebrais, incapacidade ou até mesmo a morte.

O teste conhecido como FAST ajuda a verificar os sintomas mais comuns do derrame em você ou em outra pessoa.

  1. F ace: Sorria e veja se um dos lados do rosto se inclina.
  2. A rms: Levante os dois braços. Um braço desce?
  3. S Peech: Diga uma frase curta e verifique se a fala arrastada ou estranho.
  4. T ime: Se a resposta a qualquer destas perguntas é sim, corra urgentemente para um pronto-socorro.


1-  Fraqueza em um braço

Sintomas de derrame cerebral

Decerto a falta de força acomete um braço, uma perna ou um braço e uma perna em apenas um lado do corpo.

Não é comum no AVC ambas as pernas ou ambos os braços serem acometidos ao mesmo tempo, com a mesma intensidade.

A pessoa pode sentir dormência, formigamento ou uma sensação de leves picadas de agulhas nos membros.

O problema é que este é um dos sintomas de AVC mais sutis e pode ser ignorado.

Assim, é bom fazer o “teste da perda motora”: levante os braços e mantenha-os por alguns segundos alinhados aos ombros (posição de múmia ou sonâmbulo).

Se um dos braços começar a cair involuntariamente há um forte indício de fraqueza motora.

2- Assimetria facial (boca torta)

Sintomas de derrame cerebral

O desvio da boca em direção contrária ao lado paralisado é o sinal mais comum e perceptível.




Repare na figura abaixo. Este paciente apresenta uma paralisia facial do lado esquerdo.

Note que a boca se desvia para o lado direito e a comissura labial (bigode chinês) desaparece à esquerda, ficando mais proeminente à direita.

Em alguns casos, a paralisia facial é mais discreta e pode passar despercebida pelos familiares, então convém fazer um teste: peça para o paciente sorrir ou assobiar.

Se houver paralisia, ela será facilmente notada com essas manobras.

3- Alteração na fala

Sintomas de derrame cerebral

O paciente com AVC pode apresentar uma gama de distúrbios que no final se caracterizam por uma dificuldade em falar.

Decerto, as duas alterações mais comuns são a afasia e a disartria.

Na afasia há uma incapacidade do paciente em nomear objetos e coisas.

Ele não consegue falar normalmente, pois, não consegue dizer nomes simples como cores, números e objetos.

A disartria se apresenta como uma dificuldade em articular as palavras.

A pessoa entende tudo, mas falta-lhe habilidade motora para mover os músculos da fala de modo a articular corretamente as palavras.

Corra para o hospital estes são sintomas de derrame cerebral.

4- Dificuldade de andar

Sintomas de derrame cerebral




A alteração da marcha pode ser um dos sintomas de derrame cerebral, causados por desequilíbrios, por diminuição da força em uma das pernas ou mesmo por alterações na coordenação motora responsáveis pelo ato de andar.

Neste último caso o paciente mantém a força preservada nos membros inferiores.

Porém, anda de modo descoordenado e, ao mesmo tempo, tem dificuldade em dar passos.

O mais comum é paciente não se sentir tonto, mas ainda assim não ter equilíbrio ao andar.

Na verdade, ele pode não conseguir nem se manter em pé parado, caindo para os lados se não tiver apoio.

5- Confusão mental

Sintomas de derrame cerebral

Uma alteração do discurso também pode ocorrer por desorientação e confusão mental.

Desta forma, o paciente pode perder a noção do tempo, não sabendo dizer o ano nem o mês que estamos.

Ao mesmo tempo, pode ficar desorientado espacialmente, não reconhecendo o local onde está.

Estas alterações são comuns em pequenos AVCs em idosos.

6- Visão turva e dupla

Sintomas de derrame cerebral

Problemas de visão, como visão dupla, visão borrada ou perda de visão em um olho pode ser um sinal de que você está tendo um derrame.

Muitas pessoas culpam estes sintomas pelo estresse, fadiga ou a idade.

No entanto, um vaso sanguíneo bloqueado por consequência de um AVC, pode reduzir a quantidade de oxigênio que chega ao olho de modo que pode provocar problemas de visão.

Perguntas frequentes

Como começa um derrame?

Os primeiros sinais de AVC são justamente os sintomas acima citados.

Normalmente, no princípio de derrame, há uma sensação de formigamento em um lado do corpo e tremor no olho do lado afetado.

Em seguida, já acontece a perda de movimentos deste mesmo lado, dificuldade com a fala e confusão mental.

Quais são os sintomas do derrame pleural?

O derrame pleural, nada tem a ver com o derrame cerebral, ou seja, são coisas amplamente distintas.

O derrame pleural acontece quando uma quantidade incomum de fluido se instala ao redor do pulmão.

Muitas condições médicas podem causar essa condição e somente um médico poderá fazer a drenagem deste líquido.

A pleura é uma membrana fina que reveste a superfície dos pulmões e o interior da parede torácica.

Quanto aos sintomas, você pode não sentir nada.

Mas, caso aconteçam, os  sintomas de derrame pleural que acontecem com mais frequência são, por exemplo:

Quais são os sintomas do derrame no olho?

Durante um derrame ocular, as veias ou artérias da retina param de funcionar como deveriam.

As veias e artérias ficam bloqueadas por um coágulo ou por um estreitamento do vaso sanguíneo.

Na verdade, é muito parecido com um derrame cerebral, em que o sangue que vai para o cérebro é reduzido ou cortado.

No caso do olho, as retinas do olho perdem o suprimento de sangue.

Dessa forma o sangue pode derramar na retina e causar inchaço. Tanto a retina como a visão de uma pessoa podem ser rapidamente danificadas.

Um derrame ocular geralmente, não causa dor.

Pode haver, no entanto, uma mudança repentina na visão ou perda súbita da visão de um olho.

Este é, frequentemente,  o primeiro sintoma de derrame no olho.

 


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma Resposta

Topo