Gravidez

Menstruação na gravidez: é possível estar grávida e ficar menstruada?

Menstruar durante a gravidez, é normal? O que pode ser?

Menstruação na gravidez: é possível estar grávida e ficar menstruada?
3.7 (73.33%) 3 votes

“Fiz exame de gravidez de farmácia e deu positivo. Mas dois dias depois minha menstruação desceu. Menstruação na gravidez é normal? Pode ser um dos sintomas de aborto?”. (Júlya Cunha)

Calma, Júlya… Normalmente não ocorre menstruação, uma vez que, a mulher grávida tem seu  período fértil interrompido. Afinal, uma camada do útero responsável por receber e abrigar o óvulo, que se fixa ao ser fecundado pelo espermatozoide (gerando o embrião), não é mais expelida na menstruação.

O que você vê na menstruação não é exatamente sangue, mas essa camada uterina! No entanto, é comum alguns tipos de sangramentos no início da gestação, em torno dos três primeiros meses, que pode ser confundido com a menstruação. Algumas mulheres demoram a perceber a gravidez por causa dessa confusão. Também é comum a presença de sangue na urina devido a pequenas infecções, que não são preocupantes, já que podem ser facilmente tratadas.




Mas atenção: Pode ser grave

Esse sangramento não pode durar muitos dias como uma menstruação comum! Caso ocorra sangramentos por longos períodos, procure um médico que possa acompanhar o caso. Faça o mesmo se notar  sangramento com cor mais escura ou aspecto diferente! Existem problemas que causam o sangramento, como a gravidez ectópica (quando o feto cresce fora do útero), o deslocamento de placenta (quando ocorre a separação entre a placenta e o útero).

Além disso, o sangramento na gravidez é um dos sintomas de aborto, que é grave. No caso de ameaça de aborto, um estudo publicado na revista Radiologia Brasileira(1), revelou que as anormalidades do primeiro trimestre da gravidez são detectadas pela ultrassonografia transvaginal em exame de rotina ou em caso de sangramento vaginal anormal.  Afinal, a ameaça de abortamento é uma afecção comum no primeiro trimestre da gestação, ocorrendo em mais de um terço dos casos.



Sobre o teste de gravidez, os mais seguros são os exames de sangue em laboratórios e de urina, aqueles comprados em farmácia, como você fez. Normalmente a margem de confiança, após uma semana de atraso menstrual, é bem alta. E esses testes medem a quantidade de um hormônio que só pode ser produzido na gestação!

“Sangramento de escape”: menstruar mesmo tomando pílula. Devo me preocupar?

Sinais de gravidez

Alguns sinais físicos podem ajudar a indicar a gravidez. Uma série de modificações hormonais ocorrem no corpo da gestante, principalmente no início da formação do feto. Corrimento vaginal com um pouco de sangue, cólicas, inchaços na barriga, sensibilidade/dores e aumento nos seios, surgimento de cravos e espinhas, enjoo, vômitos, tonturas, sono, oscilações de humor (Uffa!)… Esses sintomas podem surgir inicialmente na gestação, pois seu corpo está se preparando para o desenvolvimento, nascimento e posterior amamentação do bebê.



Se ainda está com dúvidas sobre a gravidez, faça o exame laboratorial. Caso confirme, parabéns! E não esqueça de fazer o acompanhamento médico durante toda a gestação. Mas tudo de uma forma bem tranquila. Afinal, estar grávida já deve ser bem estressante, né?

 

Artigo científico: Radiologia Brasileira(1)

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo