Cachorro Sombra morre de depressão por não suportar a saudade após morte do dono


Sombra, um boxer que apresentava um comportamento típico da raça, era brincalhão, alegre e de porte robusto, passou a se apresentar triste, abatido, parou de comer depois que seu dono, Gil David faleceu.

O cão vivia desde de filhote com a mesma família e passava seus dias na sede de uma transportadora em Santos, São Paulo, onde seu dono trabalhava. Apesar de a estrutura ao cão ter sido mantida pós a morte de Gil com a mesma comida e o colchão no mesmo lugar, acredita-se o que fim da rotina afetiva com seu dono levou o cão a um grave estado de depressão.

O pai de Gil, contou que o cachorro perdeu a vontade de fazer tudo depois de alguns dias da morte do filho. Logo deu sinais de tristeza, perdeu o brilho no olhar. Antes do acontecido, Sombra andava pela vizinhança e era adorado por todos. Mas, agora não demonstra qualquer vontade de sair sozinho para seus passeios, além disso, nem toca na ração e mal bebe um pouco de água.

Sombra foi levado ao veterinário e mostrou um quadro grave de anemia e depressão. De acordo com os profissionais da saúde animal, as perdas afetivas são causa de 70% dos casos de cachorros com depressão. Especialistas dizem que o boxer é uma raça bastante apegada ao dono. Quando há uma perda, o animal logo dá sinais de sofrimento.


Segundo a veterinária, o pai do dono do animal também parecia bastante triste e desorientado, e isso não ajudou em nada na recuperação do cão. Sombra morreu triste, abatido e depressivo de tanta falta que o dono lhe fez.

Sombra, um boxer que apresentava um comportamento típico da raça, era brincalhão, alegre e de porte robusto, passou a se apresentar triste, abatido, parou de comer depois que seu dono, Gil David faleceu. Foto: Reprodução/tribuna
Sombra, um boxer que apresentava um comportamento típico da raça, era brincalhão, alegre e de porte robusto, passou a se apresentar triste, abatido, parou de comer depois que seu dono, Gil David faleceu. Foto: Reprodução/tribuna

Fonte: tribuna

 


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.