Super amiga: garota chinesa carregou nos ombros a amiga com paralisia durante 3 anos a caminho da escola


Após ser vitima de poliomielite, doença viral conhecida no Brasil como Paralisia Infantil, He Ying-hui, com apenas 9 anos na época, percebeu que teria uma grande amiga com quem poderia contar.

Após notar que sua amiga havia ficado com sequelas da doença e não teria mais possibilidade de frequentar a escola, He Qin-jiao, hoje com 13 anos, carregou diariamente sua amiga nas costas por 4 km até que chegassem na escola. Após três anos o governo da Província de Hunan, na China, fez uma intervenção e presenteou He Ying-hui com uma cadeira de rodas, em 2013.

Apesar disso, sua amiga He Qin-jiao ainda acorda mais cedo todos os dias para terminar as suas tarefas em casa e em seguida vai até a casa de Ying-hui para ajudá-la a carregar sua cadeira até a escola e depois, coloca a amiga no ombro e vai com ela até a sala de aula, no segundo andar da escola.

A amiga de Ying-hui foi homenageada em um texto da escola onde ela precisava descrever a pessoa mais importante da sua vida: “He Qin-jiao usa seus pequenos ombros jovens para sustentar meu céu. Eu não teria conseguido ir à escola todos os dias se não fosse por ela. Ela é a melhor amiga que alguém poderia ter”.


Em 2015, as super amigas se formam na escola primária e infelizmente ainda não sabem se poderão continuar estudando juntas na escola secundária, pois suas famílias são muito pobres e esperam que algumas pessoas possam ajudá-las a manter as meninas na escola, para que o sonho da formatura seja um dia realizado.

maxresdefault
Após notar que sua amiga havia ficado com sequelas da doença e não teria mais possibilidade de frequentar a escola, He Qin-jiao, hoje com 13 anos, carregou diariamente sua amiga nas costas por 4 km até que chegassem na escola. Foto: bloguedofirehead
wheelchair
Após três anos o governo da Província de Hunan, na China, fez uma intervenção e presenteou He Ying-hui com uma cadeira de rodas, em 2013. Foto: audreymagazine

Fontes: shanghaiist e jornalciencia

Este texto é de autoria da biomédica Tânia Paradinha.


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.