Quem tem problema com unha encravada vai enlouquecer com este vídeo que mostra a técnica oriental para resolver o problema.


onicocriptose, ou o termo popular unha encravada, é uma dor ou inflamação que ocorre no dedo quando a borda lateral da unha fere a pele adjacente, enterrando-a ao seu redor. Isto acontece porque a pele forma uma barreira ao crescimento da unha que  é dura e nunca para de crescer. A unha acaba adentrando à pele causando os sintomas mais comuns como dor e inflamação. As causas mais prováveis são o corte de maneira incorreta da ponta das unhas e sapatos apertados. Ocorre mais comumente nas unhas dos pés mas também raramente afeta as mãos.

É preciso esclarecer aqui, antes de tudo que o tratamento de unha encravada não é uma processo simples e tentar resolver o problema sem ajuda de um profissional pode não ser uma boa ideia. Mas o vídeo abaixo mostra uma “maquininha” inventada por japoneses que promete (e mostra que realmente funciona) desencravar unha sem cirurgia e sem dor em poucos minutos.

O conceito é bastante simples: duas extremidades do aparelho ficam fixas nas bordas da unha, coloca-se dentro da água para amolecer e roda-se a manivela do aparelho para que a unha levante e possa ser tratada.


Leia mais sobre o assunto, clicando AQUI!

 


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.