Cientistas criam ratos transparentes para serem utilizados na luta contra o câncer!


Para estudar a anatomia das cobaias de laboratório em maior detalhe, um equipe de pesquisadores americanos desenvolveram uma técnica brilhante em que os tecidos do animal ficam transparentes. A ideia é uma maneira de agilizar os estudos e criar terapias mais efetivas contra o câncer e outras doenças.

E por que escolher ratos? Os ratos foram escolhidos por terem estrutura bem parecida com a dos seres humanos e por apresentarem também, reações similares às doenças podem nos afetar. Mas não espere encontrar com um desses roedores por ai, pois antes de começar o processo, todos foram submetidos à eutanásia e só então passaram por uma série de tratamento que deixou os tecidos transparentes. Ou seja, os animais ficam transparentes depois que morrem e isso facilita muito para os cientistas a localizarem anormalidades através da pele do animal. A pele se torna uma geleia transparente mas os tecidos são mantidos permitindo que seja feito uma espécie de mapeamento de todo o organismo, inclusive sistema circulatório e nervoso.

rato
A primeira imagem é o dorso do rato, a segunda mostra os rins e a terceira, o cérebro. Foto: Reprodução/ sciencealert

Esta técnica já vem sendo usada para tornar cérebros e embriões de ratos transparente, no entanto, nunca conseguiu-se deixar um animal adulto inteiramente translúcido. Todo o processo dura cerca de 14 dias e a técnica já pode ser feita em outros laboratórios, o que  toda a equipe espera com esse novo método é que seja mais preciso controlar a propagação do câncer além de identificar a localização exata de alguns vírus.


See-throughmouse_Cell
O resultado é impressionante, os corpos ficam parecendo gelatina. Foto: Reprodução/cienciaonline

 

Fonte: sciencealert

Texto de Thailine Costa – Bióloga

 


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.