Veja o vídeo: Mulher descobre larva de mosca vivendo em seu ouvido


Com muita dor no ouvido, uma mulher de 48 anos procurou o hospital em Taipéi, Taiwan. As dores eram pulsantes e insuportáveis e a surpresa foi grande quando o médico descobriu uma larva provavelmente de primeiro instar de mosca  (Drosófila) ainda viva possivelmente tentando se alimentar das secreções do ouvido.

A larva rastejava no interior do ouvido esquerdo e os médicos acreditam que ela foi parar ali através de contaminação do aparelho auditivo que a mulher usa regularmente. De acordo com especialistas em drosófilas, a larva tinha em torno de 24 horas de vida, a fêmea de mosca provavelmente fez a postura do ovo no aparelho auditivo e o ovo pode ter eclodido já dentro do ouvido. O ambiente “aconchegante” do ouvido favoreceu o desenvolvimento da larva.

A larva foi removida com facilidade e a mulher foi tratada com pomada antibiótica. Os médicos acharam a história uma grande novidade, já que normalmente são encontrados diversos objetos no canal do ouvido, no entanto, uma larva de mosca da fruta nunca havia sido relatada. O acontecimento foi descrito no “New England Journal of Medicine”.

 

article-2558399-1B739A9700000578-301_634x488
As dores eram pulsantes e insuportáveis e a surpresa foi grande quando o médico descobriu uma larva provavelmente de primeiro instar de mosca (Drosófila) ainda viva possivelmente tentando se alimentar das secreções do ouvido.

Drosophila_melanogaster_-_side_(aka)

Fonte: New England Journal of Medicine e DailyMail


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.