Veja o vídeo: Médico retira um verme de 19 centímetros do olho de um homem!


A Loa loa é uma espécie de nematódeo do gênero Loa causador de um tipo de filaríase, nestes casos é denominada “loaíase”. Estes vermes estabelecem-se em pares macho e fêmea nos vasos linfáticos, podendo causar um aumento de volume devido a drenagem linfática deficiente nas pessoas contaminadas.

A viagem deste verme é assustadora:os adultos se reproduzem sexualmente gerando inúmeras larvas microscópicas que atingem os tecidos subcutâneos e migram pelo corpo podendo ser sugadas pelas moscas transmissoras do sangue. As moscas responsáveis por essa transmissão são da família Tabanidae, especialmente do gênero Crysops, encontrada, sobretudo na África tropical.


A viagem das larvas pelo corpo pode resultar em muitos sintomas, um deles é quando migram para a conjuntiva (parte branca do olho) onde ficam bem visíveis. Por isso, Loa loa é conhecido como verme do olho. Ali se aloja e se a pessoa tiver uma sorte pior ainda, o verme pode migrar para o cérebro e causar sérios danos neurológicos. Assim, na pior das hipóteses é melhor ficar no olho mesmo!

A remoção do nematódeo é cirúrgica juntamente com o uso de uma medicamento chamado dietilcarbamazina.

Loa1
A Loa loa é uma espécie de nematódeo do gênero Loa causador de um tipo de filaríase, nestes casos é denominada “loaíase”.
Loa2
Estes vermes estabelecem-se em pares macho e fêmea nos vasos linfáticos, podendo causar um aumento de volume devido a drenagem linfática deficiente nas pessoas contaminadas.
Loa3
A viagem deste verme é assustadora:os adultos se reproduzem sexualmente gerando inúmeras larvas microscópicas que atingem os tecidos subcutâneos e migram pelo corpo podendo ser sugadas pelas moscas transmissoras do sangue.

Fonte: Você Realmente Sabia e Wikipedia


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.