Por que nosso sangue não desce todo para as pernas?


“Duvida cruel: Por que o sangue não desce todo para as pernas quando estamos em pé, mas quando viramos de cabeça para baixo ele vai para a cabeça?” Alex Sabiá

Boa pergunta, Alex! O sangue não desce todo porque temos estruturas que são como válvulas nas pernas, responsáveis por empurrar o sangue para cima. Já na nossa cabeça, não temos tais válvulas, o que significa que se virar de cabeça para baixo, o sangue não será bombeado de volta para o corpo e irá passar a circular na cabeça bem lentamente. Isso faz com que fiquemos com o rosto mais corado devido a circulação sanguínea reduzida.


Quando ficamos de cabeça para baixo, o sangue não fica parado na cabeça acumulando e se isso realmente acontecesse nosso corpo não resistiria à pressão e acabaríamos morrendo. Logo do início da posição de ponta-cabeça o corpo já começa a tentar se adaptar à nova posição regulando o máximo possível a pressão sanguínea na cabeça, por isso os artistas circenses e os atletas aceitam tão bem essa posição.

pernas_coracao_g_761101612234
Nossas veias das pernas possuem válvulas que impedem que o sangue acumule nesta região. Não temos válvulas na cabeça, e de cabeça para baixo o sangue circula muito lentamente e por isso ficamos com o rosto tão vermelho.

Como já dito, o sangue não desce para as pernas por temos pequenas válvulas que impedem que isso aconteça. Quando o coração bombeia o sangue, ele vai passando através das artérias que se ramificam até as extremidades do corpo distribuindo o oxigênio. Na volta, o sangue atinge as vênulas e depois as veias. Assim, para que o sangue que estava nos nossos pés não volte pelas veias, as tais válvulas se fecham impedindo que o sangue retorne. Os músculos da panturrilha também são aliados neste processo, pois ao caminharmos, eles se contraem ajudando também a bombear o sangue de volta em direção ao coração.

legscellulite
Os músculos da panturrilha também são aliados neste processo, pois ao caminharmos, eles se contraem ajudando também a bombear o sangue de volta em direção ao coração.

Fonte: Mundo Estranho


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.