Por que o ouvido dói durante a viagem de avião?


“Sofro muito com dor no ouvido quando viajo de avião. Tanto no pouso quanto na decolagem. Tem uma explicação para isso?” Dayane Flores

Pois é Day, este incômodo no ouvido(barotite) durante as viagens de avião acontece com a maioria das pessoas. Ele acontece porque nos voos comerciais a pressão atmosférica no interior do avião pode diminuir muito causando um fenômeno chamado aerodilatação, que nada mais é do que a expansão de gás nas cavidades corporais causada pela queda na pressão interna do avião.


Nem sempre as dores acontecem, mas quando elas vêm ocorrem diferenças entre a pressão sentida pelo ouvido médio e a existente no ambiente exterior. A situação pode piorar muito se o passageiro gripado, com nariz entupido, por causa do inchaço que a gripe provoca nas trompas de Eustáquio, um canal entre o fundo da garganta e o ouvido médio. É durante as aterrissagens que a dor pode piorar nas pessoas gripadas, pois a pressão atmosférica interna da aeronave aumenta e como as membranas mucosas estão inchadas por causa da gripe, o reajustamento natural às alterações de pressão não acontece. Isto acaba resultando em uma pressão adicional no ouvido causando muito desconforto.

Para aliviar o incômodo, pode-se utilizar a técnica de reajuste das diferenças de pressão: Inspire, aperte o nariz, e com a boca fechada force a saída do ar para o fundo da garganta. Isto vai forçar a abertura das trompas de Eustáquio resultando no reequilíbrio da pressão.

As diferenças de pressão durante as viagens de avião são as grandes responsáveis pela dor de ouvido!

FONTE: Viajamos e  Superinteressante


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.