Curiosidades

Por que negros tem cabelos diferentes dos índios?

Por que negros tem cabelos diferentes dos índios?
5 (100%) 1 vote
“Karlla, gostaria de saber o porquê índios tem cabelos lisos, e os negros africanos tem cabelos enrolados. Gostei muito de sua atitude de estar tirando dúvidas das pessoas. Parabéns.” Hermison Victor Sampaio



Obrigada Hermison! Bem, as diferenças como cor de pele, cabelos, formato do corpo dos brancos e negros são todas devido a maneira como cada um se adaptou e evoluiu em seu ambiente, afinal somos todos da mesma espécie e nem se considera que o ser humano tenha raças diferentes. Os africanos desenvolveram cabelos crespos durante todo o processo de evolução e hoje, muito tempo depois, seus descendentes ainda carregam essa característica.

O cabelo encaracolado/crespo é uma característica daquelas populações, que há milhares de anos habitavam regiões mais quentes do nosso planeta, onde hoje é o continente africano. Os cabelos encaracolados conseguem manter uma pequena camada de ar (cerca de 5 cm) entre a cabeça e o ambiente serviam de proteção contra o calor. Os negros desenvolveram mais melanina na pele para se protegerem melhor do forte sol na África, seu acompanhou o desenvolvimento e forma um verdadeiro capacete que protege a cabeça do sol a pino nas regiões de planície da África, onde há pouca sombra. E esse cabelo quando cresce bastante (do tipo black power) funciona quase como os chapéus de aba larga que conhecemos.



indio2

Índios se adaptaram ao ambiente quente e úmido, os cabelos são lisos e o corpo quase não tem pelos!

Mesma coisa com os nossos índios aqui nas Américas. Já repararam que os índios quase não têm pelos pelo corpo, nem mesmo sobrancelha? Pois é, pra que é que eles precisariam de pelos, se eles se adaptaram à vida em um dos ambientes mais quentes e úmidos do planeta, onde boa parte do tempo era passada dentro dos rios pescando ou se deslocando, e onde chovia praticamente todos os dias? A seleção natural foi “escolhendo” pra quem não tinha aquela pelagem toda pelo corpo, que só acumularia os fungos e parasitas muito comuns em locais quentes e úmidos!

A Natureza não deixa de nos mostrar sua sabedoria, nem nos menores detalhes sequer. E a espécie humana é mesmo uma das suas obras mais bonitas e pena que a gente dê mais ênfase à diferença que nos separa do que à diversidade que nos une, não é?



525x525px-LL-ddf947cb_vbattach3375

Os negros precisavam de uma proteção contra o sol a pino!

——————————–

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


16 comentários

16 Comments

  1. stefany

    em

    Bom ,tudo muito interessante ,eu acho mesmo importante nos sabermos pelo menos o minimo da nossa cultura e toda a causa dela.
    Parabéns

  2. rosimar

    em

    isto mostra a grandeza da criação de Jeová Deus!!

    • Carlos

      em

      Por favor crente, volte para a igreja e deixe questões cientificas para pessoas esclarecidas. obrigado.

      • Carol

        em

        Ficou irritado, pq? As pessoas tem o direito de falar de Deus A HORA QUE QUISEREM e se vc não gostou, problema seu!

    • Davi

      em

      Isso não tem nada a ver com deuses. E se tem, só mostra que ele teve uma grande criatividade na hora que planejou a evolução das coisas, inclusive das espécies.

  3. ana clara

    em

    eu sou criança meu cabelo é irolado que tipo de shampoo posso passar?

  4. Matheus WDS

    em

    Interessante como a seleção natural pensa em tudo, dos índios não sabia e sobre os cabelos não tinha muito conhecimento!

    Parabéns pela pesquisa e por mostrar de um jeito mais interessante!

    (o povo mistura religião com ciência..¬¬’)

  5. Lana

    em

    eu não entendo essa explicação de que o povo negro tem o cabelo crespo devido a adaptação ao meio ambiente ao qual tem origem…Me responda porque as pessoas que viviam em lugares tão quentes e ensolarado como na África, como os árabes tem o cabelo liso (ou ao menos não é crespo como o do negro)

    • Rocco

      em

      Os árabes, apesar de também frequentarem ambientes parecidos, tiveram um desenvolvimento diferente, talvez porque as suas roupas já ajudavam bastante, não sei direito.

  6. eu

    em

    Interessante,e as pessoas loiras tem o cabelo grande e liso pra crescerem melhor e proteger do frio,como onde moram costuma ser mais frio…

  7. Beth

    em

    po, muito legal, mas uma coisas que eu não entendo é, porque os orientais têm olhos puxados?

    • Daniel Melo

      em

      Ouvi uma explicação semelhante a dessa postagem, que se referia aos invernos serem rígidos na ásia oriental, o que vem junto com grossas camadas de gelo.
      Como o gelo reflete muita luz solar, as pessoas com olhos menores conseguiam proteger melhor suas retinas, e , portanto, viviam mais tempo com uma visão melhor. Aparentemente essa seleção natural teve esse motivo.

  8. lamarck

    em

    Um abraço!

  9. JULIANA LIMA

    em

    Sua explicação esta boa, mas extremamente Lamarckista e teleologica. Nunca se deve dizer que um povo ou espécie desenvolveu algo (cateterística) para se adaptar ao meio. Isso induz uma consciência que a evolução não tem. Tudo isso foi ao acaso, e pelo acaso deu certo, como deu certo, ficou.

    • Angélica

      em

      Achei muito legal o blog. Parabéns!

      Discutir evolução não é fácil. Até entendo o comentário da Juliana ao dizer que achou o post um tanto lamarckista, mas creio que o tom dado foi o tom de evolução ao longo dos milhares de anos, Talvez para que não restasse dúvida só tivesse sido legal usar o termo “seleção natural”…

      • evellin

        em

        é depende da raça eu sou morena tenho cabelos lisos mais já e de familia…

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo