Qual o segredo dos feijões mexicanos saltitantes? É verdade que o feijão pula sozinho?


“Os feijões saltitantes pulam mesmo? Qual o segredo?” Kiba Baca

OTIMA dúvida Kiba… Qual seria o segredo dos feijões mexicanos saltitantes? Hoje vou revelar um grande mistério. Para quem nunca ouviu falar, os feijões mexicanos saltitantes são vendidos em loja de souvenir ou por vendedores ambulantes nas fronteiras do México, uma febre nos Estados Unidos. E quem não ficaria encantado com feijões que se pulam e rolam sozinhos?

Bem, o feijão saltitante não é bem um feijão e tão pouco um grão. Na verdade, trata-se da semente de um arbusto decíduo (Sebastiana pavoniana) que cresce principalmente no deserto selvagem do México. Essa sementinha tem três partes e cada uma dessas partes pode ser um “feijão saltitante”. Mas como assim?

Tudo é culpa de uma mariposa. Isso mesmo! Dentro de algumas das partes da semente deste arbusto, tem uma larva de mariposa de uma grande família das borboletas (Olethreutidae) que são pragas agrícolas. Ela é a verdadeira saltadora da história. Durante a primavera e o verão, a fêmea coloca seus ovos sobre as flores femininas do arbusto, exatamente no ovário imaturo. Quando os ovos eclodem, as larvas começam a comer todo o conteúdo do que se tornaria um semente. Assim, elas vão crescendo ali e construindo uma espécie de “forro” no interior da semente com os fios de seda produzidos pelas glândulas salivares. Esse forro, seria uma espécie de casulo (como os de borboletas). O movimento da larvinha para a construção do seu casulo dentro da semente, acaba causando os “pulos do feijão”.


O ciclo de vida da mariposa responsável pelos pulinhos dos “feijões saltitantes mexicanos”! Foto: Reprodução/subdivx

Os saltos do feijão seguem seus movimentos e vibrações durante semanas ou meses. Com o tempo os saltos deixarão de acontecer, a larva se torna uma pupa e então sofre metamorfose. Até seis meses depois, adultos mariposas surgirão a partir do “feijão” e certamente irão a procura de mais flores para colocar seus ovinhos. Esse é o segredo dos feijões mexicanos saltitantes!

_original
Com o tempo os saltos deixarão de acontecer, a larva se torna uma pupa e então sofre metamorfose.

FONTE:HOWSTUFFSWORK,BEANSJUMPING


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.