Sua saúde

Como saber se tenho anemia sem fazer exame de sangue?

Como saber se tenho anemia sem fazer o exame de sangue?

A anemia pode ser definida como um sintoma de algum problema que reduziu as hemácias do sangue. A melhor forma de saber se estamos anêmicos é fazendo um exame de sangue, como o hemograma, por exemplo. Mas, há sinais no seu corpo que indicam anemia. Por isso, muitas pessoas perguntam: Como saber se tenho anemia sem fazer o exame de sangue?

Existem diversos tipos de anemia. Contudo, a mais comum, é conhecida como anemia ferropriva, ou seja, anemia causada por falta de ferro no organismo. O ferro, é na verdade um grande aliado da hemácia no transporte de oxigênio no sangue. Assim, quando falta ferro, falta a oxigenação adequada no organismo. Quanto menos hemácias e quanto menos ferro, mais o corpo sentirá os sintomas listados abaixo.




Sente cansaço e falta de energia o tempo todo?

Apesar de este ser um sintoma bastante comum para doenças como a diabetes, este é também um sinal de anemia.  Isso acontece porque quando as hemácias do sangue diminuem, o transporte de oxigênio fica comprometido. O resultado é que nossos órgãos e tecidos não recebem oxigenação. Como o oxigênio é um combustível essencial para as células funcionarem, sem ele, o corpo estará sempre cansado e fraco. Além disso, a pessoa terá tonturas, falta de ânimo, dificuldade de concentração, sonolência e dor de cabeça. Normalmente os jovens e pessoas saudáveis quando estão anêmicas, só sentem cansaço quando fazem esforços. Já uma pessoa debilitada por uma anemia crônica ou idosos os sintomas serão mais acentuados.

Você sente falta de ar?



Quando uma pessoa está muito anêmica, a falta de oxigênio nas células de todo o corpo, leva a uma espécie de cansaço cardíaco e pulmonar. Afinal, o coração e o pulmão estão lutando para oxigenar o corpo em vão. Como a quantidade de oxigênio que chega às células não é adequada, o organismo responde com aumento da frequência respiratória, na esperança de aumentar a oxigenação do sangue. Assim, é comum que uma pessoa anêmica sinta falta de ar e apresente uma respiração ofegante.

Leia também: Você come beterraba para curar anεmia? É um alimento muito bom, mas inútil para anεmia

Se coração vive acelerado?

Episódios de taquicardia podem acontecer com pessoas anêmicas. De fato, com o aumento da frequência respiratória, ocorre ao, mesmo tempo um aumento da atividade do coração. O coração acelera na tentativa de aumentar a quantidade de sangue e oxigênio em todo corpo. É fácil entender, pois, se o sangue está pobre em oxigênio, o coração precisa trabalhar dobrado para que chegue mais sangue para as células.



Você sempre sente câimbras?

A falta de oxigenação dos músculos, associado à redução considerável da circulação sanguínea, leva a distúrbios no funcionamento normal da musculatura, podendo surgir contrações involuntárias.

Sua pele e conjuntiva estão pálidas?

Para suprir a oxigenação e a quantidade de hemácias circulando, essas células se concentram em tecidos mais vitais para manter esses órgãos funcionando adequadamente. Como a pele é um tecido que precisa de pouco sangue, assim, quando o organismo está anêmico, ela recebe menos quantidades. O resultado disso é que quando as pessoas estão com anemia, a pele fica pálida e sem cor. Além disso, basta examinar a conjuntiva, aquela pele que fica embaixo dos olhos. Quando uma pessoa é saudável, a conjuntiva tem uma cor forte bem rosada ou até vermelha. Com anemia, essa parte do olho fica praticamente branca.

Dor no peito, você sente?

As pessoas que sofrem de problemas cardíacos sofrerão muito mais com a anemia. Isso porque, a redução da oxigenação dos tecidos e a aceleração dos batimentos cardíacos irão exigir de um coração doente. Um órgão debilitado terá dificuldade de aumentar o seu funcionamento. Uma pessoa com problemas no coração deve estar sempre examinando o sangue para saber se está anêmico. Baixo valor das hemácias por ser fatal para um doente cardíaco.

SD

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo