Alimentação

Tudo sobre Kefir: O que é? Onde conseguir? Para que serve?

Tudo sobre Kefir: O que é? Para que serve? Onde comprar?

Tudo sobre Kefir: O que é? Onde conseguir? Para que serve?
3 (60%) 2 votes

O Kefir tem se tornado cada vez mais popular no Brasil. Já adotado amplamente em vários países da Europa Central, o kefir ou quefir, ele funciona como um probiótico. Promete regular a flora intestinal, renovar o trato digestivo e até emagrecer. Por isso, uma gama de pessoas querem saber tudo sobre essa novidade. Mas, o que é de fato o kefir? Para que serve? É um bicho, uma planta, um fungo? Onde comprar essas “bolinhas”?

Vamos então por partes. De forma bem simplificada esperamos responder aqui a dúvida de muitas pessoas leigas sobre o assunto. O objetivo é buscar interpretar com linguagem simples o que dizem os cientistas sobre o kefir.




O que é kefir

O kefir, é um leite fermentado produzido a partir dos “grãos de kefir”, também conhecidos como cogumelos tibetanos e plantas de iogurte. Na verdade, biologicamente falando, os grãos são colônias de microrganismos simbióticos imersa em uma matriz composta de polissacarídeos e proteínas. Um estudo publicado no Journal Of Dairy Science revelou que esses grãos são formados por diversas leveduras (fungos) fermentadoras de lactose e não fermentadoras de lactose (fungos) e bactérias do ácido lático, como os lactobacilos e as bifidobacterias.

O kefir é cultivado, geralmente em leite (bovino, caprino ou de ovelha), onde os grãos de kefir são adicionados ao leite onde o seu metabolismo fermenta o leite, tornando a bebida mais saudável e com potencial poder probiótico.



Para que serve o Kefir

Cientificamente falando, o metabolismo da colônia de micro-organismos consome a lactose e reduz a caseína, albumina e outras proteínas aos aminoácidos que as constituem. Além disso é capaz de sintetizar ácido láctico, a lactase e outras enzimas que ajudam a digerir a lactose quando a bebida é ingerida. Ainda, segundo fontes, podem modificar os sais de cálcio para formas mais facilmente absorvidas pelo organismo humano.

Um estudo de cientistas japoneses publicado na PLoS One, procurou listar os efeitos a curto prazo do Kefir em pessoas com osteoporose. O artigo revela que o kefir tem efeitos antitrombótico, antimicrobiano e significativa melhora na absorção do cálcio pelos ossos, resultando, também, na melhora da densidade óssea. Outro estudo, publicado no American Journal Dietetic Assossiation, revelou que o kefir pode auxiliar na digestão e redução da intolerância à lactose em adultos intolerantes à substância. Além disso, pode a longo prazo, estimular o sistema imunológico, reduzir o colesterol, possuindo inclusive propriedades antialérgicas, anti-inflamatórias, anticancerígenas, antifúngicas e antimutagênica.

Explicando de forma mais simplificada, a ação kefir equilibra toda flora intestinal. Com as bactérias equilibradas, o intestino sente uma melhora importante na produção de células do sistema imunológico. Assim, o corpo fica mais resistente a diversas doenças como câncer, infecções vaginais e úlceras. Suas propriedades ainda têm ação de regulação do intestino, redução dos níveis de colesterol e diabetes, promoção de sensação de bem-estar.



Onde conseguir kefir

Infelizmente essas colônias são dificilmente comercializadas. Sua distribuição se dá por meio de doação de kefir por pessoas que já cultivam o grão. Para encontrar doadores, há alguns grupos de Kefιr no Facebook e até mesmo sites, como o Probióticos Brasil, se destinam a cadastrar e divulgar contatos de quem deseja doar o grão e “adotar” as colônias.

Artigos Científicos: Hertzler et al  / Tu MY et al / Chen S et al

Topo