Sua saúde

Catarro com sangue: Médicos explicam o que pode ser e o que fazer

Catarro com sangue: Médicos explicam o que pode ser e o que fazer

O muco ou como é mais conhecido o catarro é um líquido viscoso composto basicamente de água, glicoproteínas, sais e restos celulares. Um catarro “normal” é incolor, líquido ou pouco viscoso e não apresenta nenhum cheiro. Quando ele apresenta alguma característica diferente destas três é sinal de que algo não está certo e será necessário avaliar, como por exemplo, catarro com sangue. Neste caso, é importante saber o que pode ser e o que fazer.

De acordo com o pneumologista Ciro Kirchenchtejn, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, sua função é proteger as vias aéreas do ataque de vírus, bactérias e muitos outros microrganismos que podem infectar o nosso corpo, porém o catarro pode nos informar muitas outras coisas, principalmente quando ele tem alguma cor ou odor característico.




Pode não ser nada

Geralmente, o catarro com sangue em pouca quantidade, não é nada. Às vezes um tempo seco provoca o ressecamento das vias aéreas levando ao rompimento dos vasinhos das narinas. Assim quando assoamos o nariz, o catarro vem com filamento de sangue. Catarro com filamentos de sangue é muito comum, quando estamos com as vias aéreas muito irritadas e com muita coriza. Os vasinhos também rompem nestes casos.

Doenças mais graves



Na medicina, catarro com sangue chama-se Hemoptise e isso pode ocorrer por diversas causas, sendo situações mais leves como ruptura de vasos nasais e pequenos traumas até uma tuberculose ou câncer de pulmão. Entre as infecções mais comuns que podem causar sangue no catarro são a pneumonia, tuberculose, infecções por fungos e o abscesso pulmonar.

De acordo com o Dr. Pedro Pinheiro, especialista em Medicina Interna e Nefrologia, a tuberculose pode causar lesões permanentes nos brônquios, deixando-os dilatados e cronicamente infectados, ou seja, causar uma bronquiectasia que causa a hemoptise. Nesta situação de infecção é necessário buscar um especialista na área médica, como o pneumologista, para que seja realizado um exame clínico e de imagem como radiografia ou tomografia para o diagnóstico.

Outra causa muito comum é o câncer de pulmão que pode apresentar tumores ou alguma metástase. Lembrando que a idade avançada, fumo e emagrecimento contínuo são sinais para este tipo de diagnóstico que podem ser confirmados com exames de imagem.

Uma causa, porém menos comum, são as vasculites, uma inflamação dos vasos sanguíneos que causa mudanças nas paredes dos vasos e não tem cura. Além disso, doenças auto-imunes como Lúpus, também podem provocar catarros com sangue, por isso toda e qualquer alteração no catarro deve ser observada com atenção e procurar um médico especialista para que seja avaliado o quadro clínico.



MDS / TDS / inca

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo