Curiosidades

“Minha orelha está quente e vermelha, tem alguém falando de mim? ” Especialista explica o verdadeiro motivo

Orelha quente e vermelha: o que pode ser? Tem alguém falando de você?

A gente cresceu ouvindo isso: orelha quente e vermelha é sinal de que alguém está falando de mim. E ainda há um agravante: se a orelha vermelha e quente for a direita, é bom sinal e alguém está falando bem. Mas, se a orelha for a esquerda, a fofoca é negativa. Inclusive existe até uma “cura” para isso. Caso sua orelha esquerda queimar, morda a alça do sutiã. Não dá saber a relação disso, mas é o que dizem há anos.

Enfim, na biologia tudo tem uma razão de ser e deixando as crendices de lado, a verdade é que há sim um motivo biológico para que a orelha quente e vermelha. Na verdade, a explicação coerente para este fenômeno não é nada tão complicado de se entender.

De acordo com a dermatologista Dra. Elisa Kiszewski Bau, professora da UFCS de Porto Alegre, quando a orelha esquenta e fica vermelha sem qualquer razão física, como um tapa, por exemplo, tem a ver com a irrigação sanguínea no local. Ela explicou que a região da orelha é repleta de micro vasos sanguíneos que estão naturalmente se dilatando. Isso permite, então, a maior passagem de sangue deixando a orelha quente e vermelha.




Na verdade, essa dilatação acontece em toda parte do corpo, mas muitas vezes nem percebemos. Mas, na orelha é sempre bem evidente, pois a pele da região é fina e, geralmente, não há muita gordura entre a pele e a cartilagem. Assim, quando ocorre a vasodilatação, podemos rapidamente perceber, e até sentir a quentura.

Leia também: O que fazer quando temos espinha interna? Dermatologista ensina receita caseira usando saquinho de chá

Mas o que pode causar isso?

Varia bastante de pessoa a pessoa. Dra. Elisa diz que o estresse e o nervosismo estão entre os motivos mais fortes para ficar com a orelha vermelha. Afinal, uma reação emocional de raiva e pressão causam aceleramento cardíaco e descarga de adrenalina que é um hormônio vasodilatador. Sempre que isso acontece, umas das primeiras partes do corpo a receber uma carga extra de fluxo sanguíneo é justamente o rosto. Tudo isso contribui para a vermelhidão das orelhas.



No entanto, a dermatologista deixa claro que existem medicamentos que são vasodilatadores e também causam essa reação. Junto com eles, beber álcool, ter febre e enxaqueca também podem desencadear este fenômeno. Com isso, não precisa morder a alça do sutiã, porque orelha quente e vermelha nada tem a ver com fofoca do bem, nem do mal.

almanaquesos

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo