Sua saúde

Dor nas costas: 5 causas que não são doenças, baseado em estudos científicos

Dor nas costas: 5 causas, baseadas em estudos, que não são doenças

O termo dor nas costas é um dos mais pesquisados no Google. Isso porque, esse problema vem sendo cada vez mais recorrente e tem acometido pessoas de todas as idades. Sempre que sentimos uma dor, logo vem a ideia de que há algum problema de saúde. No caso da dor nas costas, nem sempre pode ser indicativo de doenças e sim e comportamento.

De fato, o mal-estar causado por essa dor pode estar relacionado a doenças graves na coluna ou lesão nos músculos da região.  Em muitos casos, pode limitar a qualidade de vida, comprometendo até mesmo as atividades simples do dia a dia. Mas, o que muita gente ignora é que um grave problema de coluna, se dá por consequências de hábitos errados.

Nosso corpo costuma dar pequenos sinais de há algo errado, mesmo quando somos jovens. Há hábitos que podem colocar a saúde da sua coluna em risco e sim, causar dores por motivos patológicos. O site Hérnia de Disco, listou o que os médicos chamam de “Dor nas Costas de Alerta”, aquelas dores que você sente, antes de desenvolver uma doença e elas são causadas, geralmente, pelos cindo itens a seguir.




♥   Dor nas costas pode indicar pedras nos rins. Veja o que causa esse problema e fique longe dele!

Sedentarismo

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% da população mundial vai sofrer pelo menos duas vezes de dor nas costas na vida. O ortopedista Nelson Barsam alerta que a maioria das dores nas costas está relacionada a falta de uma atividade física. Um estudo, publicado na Neurologic Clinics, revelou que os fatores de risco para desenvolver uma dor nas costas são multidimensionais, no entanto, o sedentarismo surge como o primeiro fator responsável. Pessoas que não se exercitam com frequência, adotando comportamentos mais sedentários em suas rotinas, podem sentir dores terríveis nas costas. Isso acontece porque a falta de atividades que deixam os músculos de sustentação da coluna mais fortes resulta na menor resistência aos impactos ou sobrecarga. Se você tem sentido dores nas costas, talvez o seu problema seja resolvido com um bom alongamento, seguido de uma pequena caminhada de 30 minutos. Fica a dica!



Tabagismo

Fumar nunca irá trazer bons resultados para ninguém, com a saúde das suas costas não poderia ser diferente. Um estudo publicado na Europe PMC Plus, procurou associar a prevalência da dor nas costas em pessoas que fumavam. Em fumantes com até 45 anos, o risco de desenvolverem dores nas costas é aumentado em 2,33 vezes do que pessoas que não fumam.  Além disso, há indícios de que fumantes já com problemas de coluna, tem muito mais dificuldade em tratar a doença do que  não fumantes.

Má alimentação



Uma dieta bem selecionada é fundamental na busca por um bom condicionamento físico, juntamente com a prática regular de exercícios. Um estudo publicado na Eur. Ver. Med. Phamaco. Sci. relacionou a deficiência nutricional, sobretudo da vitamina B12, ao desenvolvimento de dores nas costas.

♥  Mulher vai ao médico com dor nas costas e descobre que tem dois órgãos genitais e dois úteros

Pouco sol

Correria do dia a dia e muita gente deixa de dar oportunidade ao corpo de sintetizar vitamina D. Para produzir vitamina D de forma segura, deve-se tomar banho de sol por pelo menos 15 minutos por dia, sem usar protetor solar. Um estudo publicado na Spine, envolveu 360 pacientes com deficiência em vitamina D e que sofriam com dor lombar crônica. Após o tratamento com exposição ao sol e suplemento da vitamina, 95% dos pacientes tiveram melhora clínica das dores na coluna.

Má postura

Uma postura inadequada pode trazer dores crônicas nas costas, inclusive em crianças. Um estudo publicado na Applied Ergonomics estudou crianças de 11 a 14 anos na sala de aula e relatou que há associações significativas a dores da coluna e no pescoço a má postura. Outro estudo publicado na Manual Therapy, acompanhou trabalhadores de uma empresa e mostrou associações mensuráveis entre a redução da resistência muscular da coluna e a má postura. Quando não posicionamos corretamente nas atividades simples do dia a dia, no trabalho, ao sentar e ao deitar, por exemplo, mais cedo ou mais tarde a sua coluna será bastante afetada pelo mau hábito.

Atenção: a dor nas costas pode ter muitas causas diferentes e nunca pode ser ignorada ou automedicada.

Artigos: Devon Rubin / Deyo & Bass / Letizia Mauro et al / Faraj et al / Sam Murphy et al / Sullivan et al

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo