Mulher

Coceira na vagina: veja o que pode ser e como resolver o problema

Coceira na vagina: veja o que pode ser e como resolver o problema

Qualquer reação diferente no genital feminino já é motivo de preocupação. A coceira na vagina é sem dúvida um os problemas que deixam a mulher mais preocupada. Não é para menos. Esse sintoma pode ser sinal de doenças fúngicas, alergias e até doenças sexualmente transmissíveis. Mas, o que pode ser?

De acordo com o a ginecologista Sheila Sedicias, colunista do site Tua Saúde, o prurido pode acontecer externa ou internamente. Quando a coceira é externa pode ser uma reação alérgica, quando é interna pode ser infecção por fungos ou bactérias. O que é preciso saber, segundo a médica, são os sintomas para encontrar a causa do problema. A mulher precisa examinar a genitália com um espelho para enxergar melhor os sintomas além da coceira.




Pode ser candidíase

Se for candidíase (infecção causada por fungos), além de uma coceira interna e externa na região íntima, a mulher irá observar um corrimento branco, tipo leite coalhado, com ou sem mau cheiro. Ao urinar e ao ter relações, sentirá dor ou ardor.

O que fazer: o tratamento pode ser feito com o uso de antifúngicos orais e pomadas para candidíase, receitados pelo ginecologista, como Clotrimazol ou Miconazol.

Médica ensina receita caseira para curar candidíase



Pode ser alergia

Algumas mulheres desenvolvem processos alérgicos ao longo da vida e isso pode atacar principalmente a região genital que é extremamente sensível e vascularizada. A causa pode ser o sabonete usada na higienização, o absorvente interno ou externo, papel higiênico ou lencinhos umedecidos perfumados. Neste caso é preciso estar atenta ao produto que está usando próximo a região. Observar o sabão usado na lavagem das calcinhas é igualmente importante.

Podem ser produtos químicos



O cloro presente na água do jacuzzi, banheira ou piscina, também poderá causar reações alérgicas na região genital. Isso é muito comum, segundo a médica. A prevenção, segundo a médica, é depois de sair da piscina, também é importante tirar o biquíni para que não seque no corpo e permita o crescimento de fungos ou o contato prolongado com cloro.

 Prurido vaginal acompanhado de ardência ao urinar: você pode estar com uma infecção causada por protozoário

Podem ser DSTs

Quando a coceira persiste por mais de 1 semana com o surgimento de outros sintomas, como ardência, corrimento na vagina, mau cheiro ou surgimento de feridas na região íntima, é indispensável ir ao médico. Isso porque, esse é também o sintoma de algumas DSTs como a Clamídia, Gonorreia, HPV, Tricomoníase ou Herpes genital, por exemplo.

O que fazer: é muito importante consultar o ginecologista e fazer exames para identificar a causa específica, iniciando o tratamento com os antibióticos ou antivirais mais adequados.

tuasaude

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo