Sua saúde

Para homens e mulheres: é isso que pode acontecer se você ficar sem ter relações sexuais por um longo período

Homens e mulheres: É isso que quando você fica sem ter relações sexuais

Para homens e mulheres: é isso que pode acontecer se você ficar sem ter relações sexuais por um longo período
3.8 (75%) 8 votes

Cada um tem seus motivos: fim de relacionamentos, trabalhos, viagens, medicação, doença. Não importa. O fato é que muita gente, por suas razões, deixa a vida sexual paralisada por um tempo. Isso não parece afetar em nada sua saúde, a princípio. Mas, a verdade é que não ter relações pode trazer desde problemas emocionais como físicos para as pessoas. Enumeramos aqui 5 coisas que podem acontecer quando você – homens e mulheres – passa um bom tempo sem transar.

Você se sentirá mais ansioso (a)




O sexo ajuda as pessoas a respirar. Uma pesquisa publicada na revista científica Biological Psychology revelou que as pessoas que se abstiveram de ter relações tiveram que lidar com ansiedade ao terem que conviver com situações estressantes, como falar em público. Durante o sexo, o cérebro lança produtos químicos naturais que causam bem-estar. É o caso das endorfinas e oxitocina, que ajudam você a se sentir mais à vontade, dizem os pesquisadores.

Homem de 34 anos só poderá ter 100 relações até o resto da vida. Entenda a doença

Homens, cuidado com câncer de próstata

Os homens que deixam de ter relações podem perder as vantagens protetoras da próstata. Um estudo publicado na American Urological Association concluiu que homens que tinham relações sexuais frequentes apresentavam uma queda de 20% no risco de câncer de próstata. Uma razão? As ejaculações frequentes podem remover substâncias prejudiciais à próstata.



Você pode ter mais resfriados e gripe

Menos sexo pode reduzir sua exposição aos germes. Mas isso não é bom para você. Estar em contato com outra pessoa e seus microrganismos traz dezenas de benefícios imunológicos para seu corpo. Pesquisadores da Universidade de Wilkes-Barre, na Pensilvânia, mostraram em um estudo que pessoas que tiveram sexo uma ou duas vezes por semana tiveram alta imunológica. Foi registrado um aumento de 30% na imunoglobulina A (IgA), em comparação com aqueles que tiveram raras relações sexuais. IgA é uma das primeiras linhas de defesa do corpo contra vírus.



Cai o risco de infecção urinária

Quase  80%  das infecções do trato urinário ocorrem dentro de 24 horas após uma relação sexual. Durante o sexo, bactérias do genital feminino podem acabar empurradas para dentro da uretra, onde causa uma infecção. Então, o lado positivo – pelo menos para as mulheres – quando você deixa de ter relações, seu risco de desenvolver uma infecção urinária cai consideravelmente.

Especialista afirma que vontade compulsiva de comer porcarias é falta de sexo

Mais cólicas menstruais

Surpreendentemente, o sexo pode ajudar a aliviar as cólicas menstruais. A autora do livro Sex Rx: Hormones, Health, and Your Best Sex Ever, Dra. Lauren  Streicher explicou que o útero é um músculo e muitas mulheres têm contração uterina quando chegam ao clímax. Isso provoca a expulsão do sangue mais rapidamente, o que, por sua vez, irá diminuir as cólicas menstruais. Além disso o aumento nas endorfinas também diminuirá as cólicas menstruais.

Aumenta o risco de disfunção erétil

Homens que têm relação com pouca frequência são duas vezes mais propensos a experimentar disfunção erétil. Foi essa a conclusão de um estudo publicado na revista científica  American Journal of Medicine . Os autores do estudo sugerem que, uma vez que o genital é um músculo, ter relações frequentes pode ajudar a preservar a potência de maneira semelhante a que o exercício físico ajuda a manter a força.

 

rd /  prevention Artigo: Stuart Brody  /  American Urological Association

Topo