Animais

Cachorro também entra na adolescência. Fique por dentro desta fase: machos e fêmeas reagem diferente!

Cachorros também entram na adolescência

Nos humanos, quando as crianças entram na adolescência, os hormônios promovem diversas mudanças. A personalidade muda e com isso a relação com os pais também sofre alterações. Com os cachorros não é diferente. Os hormônios também agem nessa fase.

Felizmente nos cães, a adolescência dura alguns meses. Normalmente, surge no começo dos seis meses de idade e vai até os 18 meses, no máximo. É um período bem curto, se comprado com os humanos, mas os donos precisam estar preparados para tal.

Os hormônios chegam com tudo! Se quando filhote o cachorro é muito dependente do tutor e mantem a atenção voltada para o líder da casa, na fase da adolescência estas características se desfazem. Eles passam a se tronar extremamente curiosos. A visão, a audição e o olfato, chegam ao nível máximo do desenvolvimento.




De tal modo, tudo ao redor passa a ser mais interessante do que estar perto do dono. O que o cachorro mais quer nessa idade é conhecer o mundo externo, por isso, os momentos de passeio se tornam os mais importantes do seu dia. Passear é mais extraordinário que comida!

Essas são as raças de cachorros que os veterinários não recomendam que você tenha

É preciso ter paciência: nesta fase o cão não costuma atender aos comandos do dono. E algumas vezes até “esquece” propositalmente truques e comandos de obediência. Nessa hora é preciso que o responsável entenda que essa rebeldia faz parte desse período “difícil”.



Adolescência nas fêmeas

As mudanças hormonais fazem com que os cachorros adquiram outros comportamentos. Assim que as fêmeas, entram no primeiro cio e podem ficar reclusas, mal-humoradas, temperamentais etc. Outro desvio de comportamento pode ser constatado, como a agressividade à outras fêmeas.

5 coisas “bonitinhas” que seu cachorro faz, mas que podem significar um pedido de ajuda!

Adolescência nos machos



Assim como os humanos, os machos tendem a apresentar interesse por fêmeas, passam a cheirar mais os ambientes e começam a marcar território. É um momento de certa competitividade entre outros machos, gerando, muitas vezes, brigas.

clubeparacachorros

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo