Doenças

Alopecia na barba: Falhas circulares por perda de pelo causada por estresse ou doenças auto-imunes

Alopecia na barba: Falhas circulares por perda de pelo causada por estresse ou doenças auto-imunes

Alopecia na barba: Falhas circulares por perda de pelo causada por estresse ou doenças auto-imunes
5 (100%) 1 vote

Embora pouco se fale sobre este assunto. A alopecia que ocorre na barba, é a mesma conhecida como Alopecia Areata. Essa doença é caracterizada pela queda capilar, geralmente a perda de fios ocorre em formato circular no topo da cabeça ou na barba. Um dos fatores desencadeadores da crise é o estresse.

As causas ainda estão sendo estudadas, mas, tudo indica que a alopecia está associada a fatores genéticos e às doenças autoimunes. No entanto, dermatologistas destacam que quando as falhas acontecem na barba, geralmente, estão ligadas a fatores emocionais. Problemas no trabalho, no relacionamento, crises de ansiedade, perda de um ente querido, são fatores desencadeadores da doença.


A alopecia areata ocorre quando há deficiência do sistema imunológico causada por fatores emocionais. É, na maioria das vezes uma doença auto-imune. Um estudo com 2613 pacientes, publicado no Journal of the American Academy of Dermatology mostrou que realmente, há uma grande incidência deste tipo de alopecia em pessoas com dermatite atópica e doenças auto-imune como psoríase e vitiligo.

Leia também: O fim da calvície? Estudo revela drogas experimentais que ativam os folículos capilares e fazem nascer cabelos 

De acordo com artigo publicado na American Academy of Dermatology nas pessoas com doenças auto-imune, o sistema imunológico ataca os folículos pilosos (estruturas que segura as raízes dos cabelos), causando perda de fios. Não é uma doença contagiosa.

Como saber se você tem o Alopecia



O problema geralmente começa com 1 ou mais manchas redondas do tamanho de uma moeda de 5 centavos, completamente sem pelos. O local não coça, não arde, não fica vermelho. Há somente perda circular de pelo.

minutosaudavel / aad artigo: NazilaBarahmani et al /

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.