Sua saúde

Pé no chão, pessoal! Cientistas comprovam que andar descalço pode curar doenças inflamatórias

andar descalço pode curar doenças

Pé no chão, pessoal! Cientistas comprovam que andar descalço pode curar doenças inflamatórias
3 (60%) 2 votes

Se você é cheio de frescuras para andar descalço, pode ir mudando seus pensamentos. No texto “Está estressado? Vai para o mato! ”, mostramos alguns estudos científicos que comprovam que um passeio na mata pode curar doenças. Agora,  um estudo publicado no site científico NCBI, andar descalço pode curar doenças, melhorar nossa saúde e garantir o bem-estar.

A explicação é simples: de acordo com o autor do estudo, Dr. James Oschman, biólogo especialista em medicina energética, a carga rica em elétrons presentes no solo, pode fazer milagres com nossa saúde. Ele diz que ao andarmos descalços, esses elétrons entram em nosso corpo e funcionam como importantes antioxidantes, varrendo os radicais livres.


Andar descalço pode mesmo curar doenças

Para chegarem a essa conclusão, acompanharam lesões experimentais muscular. Essas lesões foram usadas para monitorar a resposta imune sob condições de ter contato dos pés ou não com o solo.  A ligação à terra reduz ou mesmo impede a inflamação após lesão. Este contato, segundo o estudo, reduz a vermelhidão, o calor, o inchaço, a dor e a perda de função. A cura de inflamações crônicas dolorosas foi confirmada em 20 estudos de caso.

O estudo diz que o contato dos pés com a terra pode reduzir a dor e alterar o sistema imunológico. “O número de neutrófilos e linfócitos circulantes é aumentado e afeta vários fatores químicos relacionados à inflamação”, diz um trecho do artigo.




Além deste, outro estudo, doenças como estresse crônico, disfunção no Sistema Nervoso Autônomo podem se curar. Além disso, inflamações, dores, sono fraco e insônia, sangue hiper-coagulável e disritmia foram comprovadamente atenuados. Isso significa que o simples ato de caminhar descalço sobre a terra pode funcionar como um potente tratamento.

Tente, a partir de agora, passar alguns minutos do dia com os pés no chão. De qualquer forma, segundo especialistas, não precisa necessariamente ficar descalço na terra. Pisar na grama, areia, concreto e até telhas de cerâmica também funciona.

sossolteiros Artigos: Gaétan Chevalier et al / James L Oschman et al /

Novidades

Topo