Sua saúde

Médico revela quais doenças os pacientes costumam confundir com “gases”. Uma delas é o infarto!

Médico revela quais doenças os pacientes costumam confundir com “gases”. Uma delas é o infarto!
Esse texto foi útil para você?

A barriga inchada e a dor abdominal em forma de pontadas podem ser sintomas de gases intestinais que podem surgir após comer alimentos que formam mais gases como couve-flor e carne em excesso, por exemplo. Estes podem ser eliminados através de arrotos, quando estão presentes no estômago, ou pelo ânus quando estão presente no intestino.

Geralmente, os gases geram dor na boca do estômago ou na parte inferior do abdômen, especialmente após 30 a 60 minutos depois de comer. No entanto, muitas pessoas acabam confundindo dores abdominais com dores de gases. O gastroenterologista Guilherme Andrade, do Hospital 9 de Julho, explicou ao site Vix que é importante saber a diferença, pois algumas dessas doenças podem até matar se não forem diagnosticadas a tempo. Segue abaixo uma lista de 5 doenças que você pode ter, mas acha que são apenas gases!


Apendicite

A apendicite é uma inflamação do apêndice — um órgão linfático que está conectado ao intestino grosso. O apêndice não tem uma função muito específica e é possível retirá-lo sem causar nenhum problema ao paciente. Logo no começo dos sintomas, a pessoa pode desenvolver além de gases, um dor inicialmente leve na região do abdômen, confundindo com a dor dos gases ou dor de estômago. “Como, geralmente, a dor vem junto com gases, as pessoas acabam confundindo e deixando de buscar ajuda médica”, diz Dr Guilherme. Isso é grave, pois, a evolução da doença é rápida e se não for feita a cirurgia, o paciente pode morrer. As pessoas, normalmente, só buscam o hospital quando passam a sentir Febre, queda do estado geral, náuseas, vômitos e apatia, os sintomas que surgem com a evolução da infecção.

Infarto

O número de mulheres que enfartam subiu drasticamente nos últimos anos e é preciso saber identificar os sintomas para correr ao pronto-socorro caso algum deles apareça. No entanto, a maioria das pessoas confundem os gases com o infarto e vice-versa. De acordo com o cardiologista Maximiliano Freire Dutra, outra diferença é a forma como os sinais se manifestam. É comum que, nas mulheres, o infarto cause uma dor na região epigástrica que podem facilmente serem confundidas com gases. Mas não. “Às vezes não são gases. Muitas vezes, a pessoa não dá valor, porque nos sintomas iniciais do infarto, a dor passa rápido. O paciente acha que está com gases, mas pode ser infarto”, alerta. É uma emergência médica que, se não tratada a tempo, leva à morte.

Intolerância a lactose

Intolerância à lactose se caracteriza pelo desencadeamento de reações físicas após a ingestão de leite e derivados. A condição é causada pela deficiência no organismo da enzima lactase, responsável por digerir o leite. Um dos sintomas mais comuns, nestes casos, são as dores abdominais, bem parecidas com as dores dos gases. Mesmo cortando alimentos que geram gases, como feijão e couve-flor, a pessoa tem formação insistente de gases, mas não se dá conta que o que está fazendo mal é o leite e seus derivados. O paciente costuma sofrer por meses tentando resolver o problema dos gases, mas na verdade, tem Intolerância a Lactose.

 Úlcera gástrica

A úlcera é uma ferida se desenvolve no esôfago, estômago ou intestino delgado, gerando dor abdominal superior, azia e indigestão. Essa indigestão costuma aumentar muito a formação dos gases. O paciente, sente dores abdominais acompanhada de gases e acabam não se dando conta de que o problema é uma úlcera que está crescendo em alguma parte do início do sistema digestório.

saude.ig / vix

Novidades

Topo