Alimentação

Exploradores encontram um bolo de frutas de 108 anos em cabana da Antártida que ainda parece estar bom para comer

Bolo de frutas: exploradores encontram bolo de 108 anos que parece bom para comer

Durante uma expedição o grupo de conservacionista do Antartic Heritage Trust, da Nova Zelândia, encontrou um bolo de mais de 100 anos em uma das cabanas utilizada por exploradores em 1910. O bolo de frutas ainda estava lacrado em sua embalagem original que o conservou muito bem! O mais interessante é que ele ainda parece bom para comer.

O bolo estava intacto e ainda guardado selado em sua embalagem original da marca  Huntley & Palmers. A guloseima estava protegida por um papel manteiga e guardada em uma lata de ferro do fabricante. A lata estava em alto grau de oxidação depois da exposição à umidade durante tanto tempo.

♥ Comer o restinho da massa crua de bolo pode transmitir doença perigosa




O bolo, com sabor de frutas, tinha cheiro e aspecto normais. Ao que tudo indica, o bolo ainda parece ter condições para consumo (eu não arriscaria!).

O item passou por um tratamento para conservação para compor a exposição sobre explorações do continente antártico. A ferrugem da lata foi removida e tomou um banho de estabilizador químico para que o processo de ferrugem não evoluísse. A etiqueta foi restaurada dentro do possível e o papel manteiga também foi corrigido. O bolo que estava em ótimas condições, não passou ainda por nenhum processo químico e está pronto para a exposição.



Bolo de frutas: exploradores encontram bolo de 108 anos que parece bom para comer

O bolo ainda estava lacrado em sua embalagem original que o conservou muito bem!

sciencealert /hypescience

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo