Animais

Toneladas de tunicados invadiram as praias dos EUA e Canadá. Especialistas estudam as causas

Milhões e milhões de criaturas marinhas estranhas estão causando dor de cabeça, principalmente para os pescadores, da costa oeste da América do Norte. A princípio essas coisas eram encontradas um ou outro, mas agora, toneladas estão invadindo as praias.

Biólogos marinhos já forma acionados e já identificaram a criatura. Na verdade, ainda que pareça um único animal, cada “pepino” desse é um Pyrosoma, um gênero dos tunicados. Ou seja, são colônias de forma tubular, formadas por centenas de milhares de pequenos organismos (zooides) que se reproduzem de forma assexuada, clonando-se a si mesmos e conectados por tecidos. Os indivíduos são interligados por uma matriz gelatinosa e medem, cada um deles, apenas alguns milímetros de comprimento, mas a colônia pode chegar a medir 60 cm.


A característica mais impressionante dos Pyrosoma é sem dúvida sua capacidade de brilhar no escuro. As colônias de Pyrosoma muitas vezes apresentam ondas de luz que oscilam para a frente e para trás através da colônia, já que cada indivíduo zooide detecta a luz pela sua vizinhança e, em seguida, emite luz em resposta.

Preocupação

O problema, é que segundo os cientistas, os Pyrosoma são normalmente encontrados em águas tropicais e longe da costa, condições bem diferentes das encontradas nos locais em que estão surgindo nos EUA e no Canadá. O que indica, segundo o biólogo Ric Brodeur, da agência de oceanografia do governo americano, que o surgimento maciço dessas colônias está vinculada às condições climáticas ao longo da costa oeste nos últimos anos, que estão mais quentes que o normal.

Os cientistas acreditam que uma queda em dois graus na temperatura já seria o bastante para reduzir drasticamente a população. Enquanto isso, o maior problema está sendo enfrentado pelos pescadores que tem capturados esses bichos aos montes, interferindo no rendimento da pesca.

Os cientistas não sabem se os animais permanecerão tempo suficiente nas águas para causar alterações significativas na cadeia alimentar.

bbc
ATENÇÃO  Nosso novo site, especial para mulheres, já está no ar. Acesse Diário Mulher.

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Novidades

Topo