Comportamento

Mulher fica parcialmente paralisada depois de o namorado dar um chupão no seu pescoço

Uma mulher da Nova Zelândia, de 44 anos, deu entrada no hospital levada pelo namorado. Ela não podia mexer o braço esquerdo e reclamava de formigamento. Os médicos não tinham conseguido descobrir a causa da paralisia, até encontrarem uma marca característica de um chupão no pescoço e uma artéria rompida.

O que aconteceu foi que, sem querer, o namorado mirou o “chupão” bem em cima de uma artéria. Toda a pressão, feita por ele, para deixar aquela marca característica acabou machucando o interior do vaso sanguíneo e originando um coágulo. Este coágulo, ao que parece, “viajou” para o coração, onde acabou causando uma espécie de “pequeno infarto”, e em consequência disso, uma paralisia.


A mulher foi tratada com anticoagulantes e em uma semana já podia sentir o braço. Os exames mostraram que o coágulo havia desaparecido.

Os chupões, também conhecidos como love bite (mordida de amor) são marcas deixadas por uma sucção feita com a boca em uma pequena área da pele, geralmente no pescoço. Dependendo da força da sucção microvasos podem se romper derramando um pouco de sangue sobre a pele deixando uma marca roxa no local. As manchas dos chupões demoram cerca de 12 dias para desaparecerem completamente e geralmente, são inofensivas. Mas no caso de Julio as consequências foram as piores possíveis e lhe custaram a vida.

Então, aos apaixonados, deixem os chupões de lado e beijem na boca, que é mais seguro.

 nbcnews
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.